João de Almeida Santos

Silêncios

Na esquina da memória

esquina

Passei, voltei, olhei-te sem te ver, por fora (só nessa hora), mas, por dentro, voltaste
a crescer nestas palavras que te mando agora

Mário Soares

Na encruzilhada da liberdade

Mário Soares

Mário Soares partiu aos noventa e dois anos. Todos partiremos. Mas com ele partiu também um pouco da nossa história recente. E da história da nossa Liberdade. Porque delas foi intérprete e actor privilegiado...

Repto

Meu caro Francisco Assis…

Francisco Assis

O PS é um partido livre e não concordo com aqueles que te estão a atacar com uma linguagem básica que é pouco própria de democratas. Mas, sou franco, também eu não concordo com as posições que vens defendendo. E direi aqui porquê

Poesia

Tarde demais…

É sorte não sofrer de compaixão! É sorte pôr-te em palavras (Mesmo quando estavas), rimar-te, à exaustão sem saber se me vês (Na solidão), lendo-me, de cada vez, ouvindo, com nitidez ecos desta paixão... (Em vão)!

O caso da Cornucópia

As artes e o poder

Ao subsidiar as companhias de teatro independentes, o Estado garante a presença no nosso tecido cultural, formativo e performativo, desta importante arte, sem ter que assumir directamente os encargos com os recursos humanos nela envolvidos