/ Crónica

Carta

Gratidão

No inicio do ano de 2017 a quem escreveria uma carta de gratidão? Por estranho que pareça as pessoas mais importantes para a nossa transformação são as mais improváveis

Caminhantes

Um refugiado chamado Jesus

Refugiado

Situamo-nos no mundo como caminhantes. Ser encontro de mundividências, estar em diáspora, é a forma humana de habitar o mundo, o estado “natural” da condição humana

Crónicas das multidões

Sérgio Inocente em sarilhos

caga milhões

Despertou propositadamente tarde porque sabia que, ao amanhecer, não o aguardavam grandes missões. Como em todas as outras esferas da vida, também na política os dias finais do ano eram de uma modorra exasperante