Energia

Inovadores facilitam integração de renováveis

No início deste ano a Tesla inaugurou uma mega-fábrica no estado do Nevada (EUA) com o objectivo de produzir a mais recente geração de baterias lítio-ion para os veículos eléctricos desta marca

Ainda, fabricará a “PowerWall” uma bateria e inversor que facilita o armazenamento e a conversão da energia renovável ao nível doméstico e comercial.

No ano passado a Tesla anunciou telhas solares e o serviço de armazenamento de energia em grande escala, garantindo que redes eléctricas possam integrar um maior percentual de renováveis. Estas baterias ajustam e harmonizam a alta variabilidade das renováveis, conservando a geração e o consumo perfeitamente equilibrados, dando continuidade à qualidade de serviço.

Baterias de milhares de carros eléctricos poderão integrar um sistema semelhante no futuro. Este tipo de desenvolvimento pode a ser chave para minimizar gases de efeito estufa.

Certo é que só com uma combinação de sistemas de armazenamento de energia será possível fazer um uso mais eficiente das energias renováveis. Exemplos de empresas inovadoras na área são a “Charge2Change” (Portugal) e a “Elestor” (Holanda). Ainda, tecnologias emergentes que convertem e guardam eletricidade em forma de calor em pedras (zeolite), cerâmica “Eco-Term Ceram” (França) ou sal derretido. A “Sunfire” (Alemanha) é capaz de transformar eletricidade em hidrogénio e vice-versa.

Nélson Abreu, em Los Angeles

Nélson Abreu, em Los Angeles

Engenheiro Electrotécnico de Redes Inteligentes (Smart Grid). Los Angeles Department of Water & Power.

Subscreva a nossa newsletter.

Pub