Bem-estar nas organizações

Mind Awareness nas instituições

Olhe à sua volta e pense. Por que tanta gente se sente profissionalmente vazia ou deprimida? Por que é que isso acontece?

Falta alinhamento energético, estar consciente e em sintonia com o todo. Com isso a harmonia e o bem-estar são postos em causa. É este desencontro de nós mesmos que traz o sofrimento e o desespero, também, para os ambientes de trabalho.

No Oriente a prática da visão analítica profunda possibilita permanecer alerta e consciente no momento presente de forma harmoniosa, produtiva e saudável mental, emocional e espiritual. Por que seria diferente no tempo passado no trabalho?

Quando nos transportamos para um estado vibracional mais elevado, como no caso da dimensão espiritual ou da consciência somos remetidos para um outro sentido de compromisso e responsabilidade. E isto pacifica-nos, serenando as nossas relações, elevando a nossa lucidez, propiciando bem-estar.

Sendo que a nossa existência é vivida para a frente, mas entendida para trás, então estar no presente, permanecer num só sítio, torna-se impossível para a maior parte de nós, permitindo que a mente nos impulsione a um mesmo tempo para as múltiplas dimensões, desgastando-nos, stressando-nos.

Creio que só através da prática espiritual poderemos estar em harmonia, aumentando a produtividade, a compaixão ao serviço do outro, a felicidade, a inteligência emocional, etc…

Através da mudança da nossa atitude individual elevaremos a vibração energética de todos de forma interdependente.

Nota do Director

As opiniões expressas nos artigos de Opinião apenas vinculam os respectivos autores.

Paulo Vieira de Castro

Paulo Vieira de Castro

Autor na área do bem-estar nos negócios, práticas educativas e terapêuticas. Diretor do departamento de bem-estar nas organizações do I-ACT - Institute of Applied Consciousness Technologies (USA).

Subscreva a nossa newsletter.

Pub