Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Maio 23, 2022

2ª volta das eleições regionais francesas: extrema-direita não atinge objectivo

Cronologia da derrota da extrema-direita na 2ª volta das Eleições Regionais em França, hoje.

Cerca das 17:00 locais, a participação eleitoral na segunda volta das regionais era de 50%; bastante mais do que na primeira volta.
Le PenSe a Frente Nacional de Marine Le Pen conquistou mais de metade das regiões há uma semana, o resultado pode ser diferente, agora…
A abstenção é um dos maiores desafios do acto eleitoral de hoje…

Cerca das 19:15 PT, de acordo com resultados provisórios, os Socialistas obterão entre 3 e 6 regiões, os Republicanos, entre 5 e 9…

A Frente Nacional poderá não conseguir qualquer presidência…

À hora do fecho das urnas, estima-se que a participação eleitoral seja de 59 por cento, nove pontos a mais do que no escrutínio de há oito dias. O aumento da participação dos eleitores é mais relevante nas regiões onde havia maior possibilidade de vitória por parte da FN.

E é oficial: a líder da Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, foi a grande derrotada.

Manuel VallsO primeiro-ministro socialista francês, Manuel Valls, apelou na noite de segunda-feira, à votação na direita em três regiões, para procurar evitar a vitória da extrema-direita na segunda volta das eleições regionais)

Marine perdeu no Norte, a sobrinha Marion Maréchal-Le Pen no Sul e Florian Philippo, estratega do partido, na região do grande Leste.

De notar que a Frente Nacional, fundada em 1972, e presidida desde 2011 por Marine Le Pen, é um partido anti-europeísta, e anti-imigração, que dirige vários municípios franceses, mas nunca liderou a nível regional.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -