Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Novembro 27, 2021
- Publicidade -

Categoria

Deleituras

Regresso a Mishima e ao seu marinheiro

Nesta obra, Mishima premeia o leitor com relatos violentos, tensão erótica e, sobretudo, suspense típico da ficção de terror que instiga a curiosidade. Assim, somos forçados...

Vias e segredos da Guerra Económica

Nicolas Moinet volta a “Les sentiers de la guerre économique”, agora dedicado ao ‘soft power’, depois de ter dedicado o anterior à ‘L’École des...

João Paulo Esteves da Silva, O coração do Adão

O coração do Adão, sobre este livro terei de escrever. Não era verdadeiro o coração: era maçã, que logo apeteceu. E à primeira dentada Jeová,...

Sérgio Ninguém, o pescoço na navalha

Eufeme Poesia Transparece, na elegância de um cinzento negro, meio acastanhado, da capa, o traço fino de um rosto. Por aqui começa a sedução que...

Dois livros no mesmo dia

Chegaram no mesmo dia, pelo nosso carteiro de sempre, antigo e já de há anos amigo. Deve saber mais do que leio do que...

Peter Levitt, uma centena de borboletas

Tradução de Sérgio Ninguém, edições Eufeme, 2020 Recebi esta edição bilingue da EUFEME, com as traduções de Sérgio Ninguém de um conjunto de Haikai de...

Paulo da Costa Domingos, Paisagem durante a Batalha

Volto à poesia de Paulo da Costa Domingos, e a esta paisagem, que é de trovoada, pairam nuvens escuras no ar. Mas lemos, e logo...

Em torno do verso

Em torno do verso: uma leitura do Mestiço de corpo inteiro, de Delmar Maia Gonçalves, a partir do que dizem seus paratextos O texto não...

Miguel Esteves Cardoso: No passado e no futuro estamos todos mortos

Gosto sempre do Miguel. Quando novo era extremamente inteligente mas queria mostrá-lo a toda a força com um pouco de snobismo à mistura. Agora...

Uma leitura do livro “Fuzilaram a utopia” de Delmar Maia Gonçalves

A Utopia é o arquétipo de uma civilização ideal, que tem por base a esperança e o desejo de transformação de uma sociedade em...

Identidades ideológicas – e semiologia do anticomunismo

Uma crítica ao livro Sobre o Relativismo Pós-Moderno e a Fantasia Fascista da Esquerda Identitária, de Antonio Risério. Bem diferente do importante estudo A Utopia Brasileira e...

As vinhas da ira, Steinbeck

“Eu quero pôr um letreiro de vergonha nos bastardos gananciosos que são responsáveis por esta Grande Depressão e pelos seus efeitos”. Jonh Steinbeck O que foi...

Vladimir Maiakovski: Meu maio

Maior poeta russo do século 20, Vladimir Maiakovski (1893-1930) defendia que “sem forma revolucionária não há poesia revolucionária”. Sua obra ajudou a verter para...

Vinicius em debate: duas visões sobre O Operário em Construção

Em março, numa consulta informal, perguntei a 31 lideranças do PCdoB sobre seus poemas preferidos. Nenhuma obra foi mais citada do que O Operário em...

“Contos das minhas terras”, de Júlio Silva

Algumas anotações para o Prefácio ao livro: “Contos das minhas terras” – As diversas formas de resolver os milandos, de Júlio Silva “Basta ler, escutar,...
- Publicidade-

Últimas notícias

- Publicidade-