Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Novembro 29, 2021
- Publicidade -

Categoria

Crónica

Da vergonha

DIA 15, FALAMOS 1 A Justiça em Portugal está, há vários anos, numa situação confrangedora. Acumulam-se os casos de incompetência, ressaltam os inúmeros exemplos de desigualdade...

José Carlos Ruy, um clássico

Muitos talvez não acreditem nesta realidade: como podem pessoas, que nunca se viram antes, terem um encontro fraterno, rico, só possível entre velhos amigos?...

Carta à minha memória

XLIV. Partilha. Minha memória, Oferece as minhas lembranças a quem se tenha esquecido. A quem não se lembre sequer de um único pôr de sol, de...

Um pequeno passo para os média – um grande passo para a Lusofonia

Desde a passada quinta-feira, dia 30 de setembro, os jornais Folha de São Paulo (brasileiro), Público e Mensagem de Lisboa (portugueses), passaram a publicar...

Relógio do pai

Os meus objectos (9) O relógio do meu pai marcava as horas e os dias. Ou pelo menos assim me parecia quando era criança. Era...

Da incerteza

DIA 15, FALAMOS Passam 20 anos sobre o 11 de Setembro. Muito se escreveu e falou, por estes dias, sobre esta data. De facto, esta é...

Era uma vez Angola

Num prado de muito longe e parado, deito-me à sombra de sorrisos vadios para tentar pelo menos começar a noite e aí sim, fechar...

Independência do Brasil. Impulso para a separação partiu de Portugal

Foi em Água de Mininos, Na Bahia, à flor do mar, Que o português percebeu Que isto de ser brasileiro É questão de começar Vitorino Nemésio, Nove Romances da...

Primeiro carro

Os meus objectos (8) O meu primeiro carro foi-me oferecido pelo meu pai. Custou 100 contos (cerca de 500€). Um Fiat 850, branco. Fez as...

A propósito do luxo e outras banalidades

Começo a ficar preocupado, confesso. O que se passa afinal, que de repente algumas figuras consideradas importantes desta  praça finalmente descobriram que o luxo é...

Da negação

DIA 15, FALAMOS A negação da pandemia ou a recusa de tomar a vacina são duas faces de uma mesma moeda. A pretexto de uma...

Caetano aos 79 anos

Em 7 de agosto de 2021, Caetano Veloso vive para o Brasil e para o mundo os seus 79 anos. Já?! É o nosso...

Quelimane – Uma cidade capital órfã de cinemas

Pode-se imaginar a alegria e o entusiasmo das pessoas que se aglomeraram na inauguração do Cine-Teatro Águia em Quelimane nos anos 50. Uma sala...

Angola, um sonho perdido

Acordei nobre na maresia de uma insónia escura lá pelos lados do nada, uma estátua inventada e um sorriso encontrado para me limitarem a...

Carta à minha memória

XLIII. A fotografia. Minha memória, Fiz-me fotografar ainda agora. Estou sentado e a lua debruça-se na minha janela a rir. É uma lua nova e feliz....
- Publicidade-

Últimas notícias

- Publicidade-