Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

A pedra no sapato do VIII Governo de Timor-Leste

J.T. Matebian, em Timor-Leste
Correspondente em Timor-Leste.

A Ministra da Educação, Juventude e Desporto, Dulce de Jesus Soares, a mesma pessoa que tentou implementar um processo de reforma curricular conducente à eliminação da língua portuguesa quando era Vice-Ministra, voltou à carga, agora mais reforçada com o novo posto ministerial.Os sinais evidentes de que algo parece estar em curso nesse sentido é visível na substituição de todas as assessorias técnicas nacionais e internacionais que defendem o português como língua de instrução na educação pré-escolar, e no ensino básico, por outras assessorias, na sua maioria constituídas por falantes da língua inglesa.

Durante esta semana, a Ministra Dulce de Jesus Soares, militante do Conselho Nacional para a Reconstrução Timorense (CNRT), com a alegação de que se está a “funcionar sob um orçamento de regime de duodécimos”, não renovou o contrato de 21 assessores timorenses e portugueses, alguns dos quais especialistas em linguística, educação especial e pedagogia, diplomados pelas mais prestigiadas universidades portuguesas. Também, segundo as nossas fontes, poderá mesmo haver intenções da Ministra da Educação reduzir a presença de professores portugueses em Timor-Leste, nomeadamente dos Centro (s) de Aprendizagem e Formação Escolar (CAFE).

A “contenção orçamental” não cola

Apesar do alegado argumento de contenção orçamental que serviu para “expulsar” as assessorias lusófonas, os corredores e os gabinetes do Ministério da Educação estão agora preenchidos por assessores internacionais australianos, americanos e neo-zelandeses, entre outros.

Se, como defendeu Kay Rala Xanana Gusmão, citado por Batoréo (2010), a “escolha do português para uma das línguas oficiais do país justifica-se pelo peso da sua tradição, e o português é a nossa identidade histórica, que ironicamente nos foi concedida pela presença colonial”, será a Ministra da Educação Dulce de Jesus a pedra no sapato do VIII Governo de Timor-Leste?

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -