Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Abril 20, 2024

Contributos da RACS para o apoio ao ensino e à investigação na CPLP

A Rede Académica das Ciências da Saúde da Lusofonia (RACS) está a preparar o 1º Encontro das Bibliotecas da RACS. Prevê-se a participação de gestores e académicos de oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A Rede de Bibliotecas da RACS, conhecida por  IndexRACS, irá organizar este encontro sobre bibliotecas da CPLP, em formato online, no dia 21 de Maio de 2024, sob o lema “As Bibliotecas da RACS: contributos para o apoio ao ensino e à investigação. Formação de utilizadores, como se faz, o que se faz?”

Na opinião do Conselho Estratégico da RACS:

As Bibliotecas que integram a IndexRACS representam vários domínios de ensino e investigação no âmbito da saúde e, a par com esta heterogeneidade, a RACS combina ainda factores de diversidade cultural, distância geográfica, e tem como ponto comum a língua portuguesa”.

Portanto,

“Com este contexto, a partilha de experiências e vivências profissionais são um recurso valioso na divulgação de conhecimento”.

(RACS, 2024)

Conselho Estratégico da IndexRACS

A Comissão Coordenadora do Conselho Estratégico da IndexRACS integra cinco membros eleitos de Angola, Cabo Verde e Portugal:

  • Mafalda Lopes (Coordenadora) – Escola Superior de Enfermagem do Porto (Portugal);
  • Paula Saraiva (Vice – Coordenadora) Egas Moniz School of Health & Science (Portugal);
  • Heloneida Cruz Pinto (Vice – Coordenadora) – Universidade do Mindelo (Cabo Verde);
  • Andrea Medeiros (Suplente) CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Portugal);
  • Rodrina Bento (Suplente) – Faculdade de Medicina da Universidade Katyavala Bwila (Angola).

A ideia que predomina é a de que as Instituições de Ensino Superior (IES) de alguns dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) precisam de reforçar os seus recursos humanos, materiais e outros, portanto, este 1º Encontro irá juntar parceiros da CPLP para responder a esses desafios.

“As bibliotecas do ensino superior têm a responsabilidade de facilitar a aprendizagem, de promover o acesso à informação especializada, de partilhar conhecimento e disponibilizar recursos informativos essenciais para o sucesso da atividade escolar, pedagógica e científica, contribuindo assim para o desenvolvimento e inovação das entidades a que pertencem”.

Este encontro tem como objetivo dar a conhecer os contextos, as actividades e as pessoas que diariamente contribuem para o desenvolvimento de atividades de investigação e dão apoio e suporte para o desempenho de estudantes e docentes através das suas acções profissionais.

(RACS, 2024)

Há 54 bibliotecas da CPLP membros da IndexRACS

De acordo com informações disponibilizadas pela RACS há 54 IES e entidades de saúde cujas bibliotecas são membros da IndexRACS:

Angola 

 

Brasil

 

Cabo Verde 

 

Guiné-Bissau 

 

Moçambique

 

Portugal 

Tomé e Príncipe

  • Universidade Pública de São Tomé e Príncipe

 

 Timor-Leste 


por Luís dos Santos, Angola

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -