Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Maio 26, 2024

Corrupção: A denúncia de Lobo Xavier tem de ser tomada muito a sério

Se o conselheiro de Estado Lobo Xavier considerar que o que pôs a circular tem algum fundamento (e tudo indica que o considera), tem o dever de ir imediatamente explicar a coisa à PGR. Se não for…

A PGR tem o dever de tomar a sério a denúncia de Lobo Xavier (tanto mais que ele implica magistrados na “rede” mafiosa de extorsão que denuncia) e, consequentemente, de o chamar, muito oficialmente, a explicar-se.

Há ainda outros aspectos a considerar, nomeadamente, saber se alguém se terá sentido (magistrados, políticos, maçons ou outros) atingido na sua honra e dignidade e decida processar os que considere difamadores.

Em qualquer caso, o que não pode acontecer é ficar tudo calado (Lobo Xavier incluído) e a fazer de conta que nada aconteceu.

Isso, esse acontecer o que não pode acontecer, significaria que estamos numa espécie de Estado de opereta-bufa e seria um atestado de “estado de coma” à III República.

A forma como o conselheiro de Estado Lobo Xavier tratou o problema numa televisão também diz muito sobre este Conselho de Estado e sobre o “sentido de Estado” do conselheiro.

Expresso:
Maçonaria. Lobo Xavier diz que tem clientes “vítimas de perseguição” por rede maçónica de políticos e magistrados


Exclusivo Tornado / IntelNomics

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -