Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Julho 6, 2022

A Democracia segundo Rajoy

João de Sousa
João de Sousa
Jornalista, Director do Jornal Tornado

A Catalunha está a votar. Poderão estas eleições alguma vez serem consideradas livres e democráticas? Com os principais lideres adversários na cadeia ou no exílio, dificilmente. Rajoy certificou-se de prender ou exilar os líderes dos Partidos pro-independência para garantir uma eventual vitória que, a acontecer, terá a expressão própria das vitórias eleitorais na Venezuela, que tanto critica, ou na Coreia do Norte.

Depois da violência do dia do referendum, a exibição musculada da Guardia Civil e da Polícia espanhola serve para manter a pressão e semear o medo entre os catalães trazendo-lhes à memória a brutalidade policial imposta por estas forças sobre os que queriam votar.

Também o poder económico e o status quo europeu foram rápidos a exibir o chicote mudando as sedes das grandes companhias para outras regiões e produzindo declarações ameaçadora fazendo, deste modo, uma inadmissível chantagem sobre os eleitores.

A resposta à pergunta acima só pode portanto ser uma. Qualquer que seja o resultado Rajoy, o discípulo dos Falangistas, forjou a impossibilidade da existência de eleições livres e democráticas na Catalunha.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorTrezentos e Vinte
Próximo artigoRaríssimas doenças…
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Caminhar

Boa pergunta

VER…

- Publicidade -