Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Dezembro 6, 2022

Disse o juiz: «o século XXI poderá ser o século do poder judicial»

Estrela Serrano
Estrela Serranohttps://vaievem.wordpress.com/
Professora de Jornalismo e Comunicação

Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” no contexto de um projecto de investigação sobre “Corrupção Política nos Media”Em Setembro de 2008, no discurso de abertura do 8.º Congresso dos Juízes Portugueses, o então presidente da Associação Sindical dos Juízes, António Martins, colocou a seguinte interrogação:

Recuperei essa frase premonitória numa comunicação que apresentei ao Congresso da SOPCOM em 2015, na qual analisava as relações entre “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” no contexto de um projecto de investigação sobre “Corrupção Política nos Media”, realizado no Centro de Investigação Media&Jornalismo (CIMJ-FCSH/UNL). No slide da minha apresentação pode ler-se o extracto do discurso do juiz António Martins onde se insere a frase do juiz:

Passados 10 anos, o discurso do juiz António Martins revelou-se premonitório, tendo a frase acima destacada sido  hoje citada no Expresso por dois dos seus colunistas: Daniel Oliveira” vê na afirmação do juiz um “presságio anti-democrático” e Pedro Adão e Silva, “um espectro sobre os regimes liberais” “que coloca os magistrados no centro da democracia mas tende a trazer consigo o corporativismo, a omnipotência e a vontade de poder.”

Será que o século XXI pode ser o século do poder judicial, como prevê o juiz? E, se o for, mais que um presságio ou um espectro não será  uma ameaça real à democracia?

Exclusivo Tornado / VAI E VEM

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -