Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Dezembro 5, 2021

Dorival Caymmi canta: “Canoeiro”

A costa brasileira, com seu mar imenso, proporciona à milhões de trabalhadores como, por exemplo, os pescadores, a busca de seu sustento. O poeta baiano, ligado à vida dos habitantes de sua região, louva-os neste poema.

 

Canoeiro

Dorival Caymmi / 1954
Intérprete: Dorival Caymmi

Ô canoeiro
bota rede,
bota rede no mar
ô canoeiro
bota rede no mar.

Cerca o peixe,
bate o remo,
puxa corda,
colhe a rede,
ô canoeiro
puxa rede do mar.

Vai ter presente pra Chiquinha
ter presente pra Iaiá
ô canoeiro puxa do mar.

Cerca o peixe,
bate o remo,
puxa corda,
colhe a rede,
ô canoeiro
puxa rede do mar.

Louvado seja Deus
Ó meu pai.

Vai ter presente pra Chiquinha
ter presente pra Iaiá
ô canoeiro puxa rede do mar


Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial Rádio Peão Brasil / Tornado


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -