Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Maio 24, 2022

Globos de Ouro: “O Renascido” e “Perdido em Marte” são os grandes vencedores

Prémios Globos de Ouro 2016

A 73ª edição dos Globos de Ouro, que resulta das escolhas da imprensa estrangeira sediada em Hollywood, deu a vitória a O Renascido (The Revenant), incluindo Melhor Filme na secção Drama, ao passo que Perdido em Marte e o actor Matt Damon venceram na secção Comédia. O comediante britânico Ricky Gervais regressou como apresentador para apimentar a cerimónia de momentos de um humor mordaz.

Agora venham os Óscares, cujas nomeações serão anunciadas na próxima quinta – feira em Los Angeles.

Discurso de abertura de Ricky Gervais

Shut up! Calem-se! Seus desgraçados, viciados e meliantes sexuais. Assim começou Ricky Gervais no seu discurso de abertura da 73ª edição dos Globos de Ouro. Não se esperava menos deste comediante britânico chamado para espevitar a cerimónia. Durante aproximadamente oito minutos conseguiu reclamar seus créditos de apresentador que deixa o politicamente correcto na entrada, ao mesmo tempo que ia beberricando uma cerveja. Antes ainda de abordar os nomeados, mandou uma boca forte à transexual Kaitlyn Jenner, o outrora atleta William Bruce Jenner, famosa por participar com a família no reality show Keeping up with the Kardashians. E gozou até com o prémio, classificando-o como um pedaço de metal que jornalistas confusos criaram para poderem fazer selfies convosco…

Eis a lista completa dos vencedores dos Globos de Ouro

Cinema

Melhor Filme
Drama O Renascido
Comédia ou Musical Perdido em Marte

Melhor Interpretação Actriz
Drama
Brie Larson, Quarto
Comédia ou Musical Jennifer Lawrence, Joy

Melhor interpretação Actor
Drama
Leonardo DiCaprio, O Renascido
Comédia ou Musical Matt Damon, Perdido em Marte

Melhor interpretação Actriz Secundária
Drama
Kate Winslet, Steve Jobs

Melhor interpretação Actor Secundário
Drama
Sylvester Stallone, Creed

Melhor Realizador
Alejandro González Iñárritu
, O Renascido

Melhor Argumento
Aaron Sorkin
, Steve Jobs

Melhor Filme Estrangeiro
O Filho de Saul

Melhor Animação
Anomalisa

Melhor Canção Original
Writing’s on the Wall, Spectre

Melhor Música
Os Oito Odiados

Quanto à cerimónia, sem grandes novidades, teve um dos momentos mais altos quando Leonardo DiCaprio foi chamado para receber um dos prémios mais importantes da noite, pelo seu trabalho em O Renascido (estreia em Portugal no próximo dia 21). Na verdade, uma prestação radical de Leo que só se algo anormal acontecer não levará também o Óscar respectivo no mês que vem. Indiferente à música que anunciava o seu tempo para o discurso, DiCaprio continuou, imperturbável, agradecendo a tudo e todos, dedicando as suas últimas palavras à comunidade de indígenas em todo o mundo, afirmando que é tempo de honrar a vossa natureza, proteger e ouvir a vossa voz, pensando nas gerações futuras. No fundo, um prémio que viria a consagrar O Renascido como o vencedor do Globo respectivo (Drama) e ainda o realizador, Alejandro Iñárritu.

O Caso Spotlight foi o grande derrotado na noite ficando arredado de qualquer prémio. Seja como for, o filme é mesmo dado como o potencial vencedor dos Óscares, superando mesmo O Renascido.

Da mesma forma, na classificação de comédia e musical, o vencedor da noite foi Perdido em Marte, bem como para o ator Matt Damon. Já no plano feminino, Brie Larson, a mais bonita da noite, ganhou por Quarto (e continua a ser uma das favoritas aos Óscares) e Jennifer Lawrence ganhou por Joy (comédia ou musical). Por fim, o filme Steve Jobs marcou posição com prémios para Kate Winslet (actriz secundária) e argumento para Aaron Sorkin.

 

 

Televisão

Melhor Série
Drama Mr Robot
Comédia ou Musical Mozart in the Jungle

Melhor Actriz
Drama
Taraji P. Henson, Empire
Comédia ou Musical Rachel Bloom, Crazy Ex-Girlfriend
Mini série ou telefilme Lady Gaga,  American Horror Story
Secundária Maura Tierney, The Affair

Melhor Actor
Drama
Jon Hamm, Mad Men
Comédia ou Musical Gael García Bernal, Mozart in the Jungle
Mini série ou telefilme Oscar Isaac, Show Me a Hero
Secundário Christian Slater, Mr. Robot

No plano televisivo, Mr. Robot foi o grande vencedor nas séries dramáticas, premiando também o protagonista Rami Malek e o secundário Christian Slater, ao passo que do lado de comédia, a série produzida pela Amazon, Mozart in the Jungle, venceu, tal como o protagonista Gael Garcia Bernal. Ainda assim, Jon Hamm venceu uma vez mais por Mad Man, e a actriz de Empire, Taraji P. Henson, festejou a escolha para melhor actriz de drama.

 

 

 

 

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -