Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Governo inaugura Centro Policlínico Universitário da UPRA em Luanda

A Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação e o Secretário de Estado da Saúde inauguraram o primeiro Centro Policlínico Universitário em Luanda, ligado à UPRA, uma unidade complementar e  principal parceiro estratégico da Universidade Privada de Angola.

O Centro Policlínico Universitário (CEPOU) da Universidade Privada de Angola (UPRA) foi inaugurado no dia 23 de Janeiro de 2021 na presença da Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), Prof. Doutora Maria do Rosário Bragança, e do Secretário de Estado da Saúde para a Área Hospitalar, Doutor Leonardo Inocêncio.

Centro Policlínico Universitário da UPRA

O CEPOU, estrutura de saúde altamente estratégica para a UPRA, é uma unidade de prestação de serviços primários, secundários e terciários que emprega 300 quadros da saúde, num projecto integrado com uma equipa de gestores, médicos e enfermeiros angolanos, brasileiros, cubanos e portugueses.

Segundo declarações do Promotor da UPRA, Doutor Manuel João da Fonseca:

Serão construídas mais 7 (sete) unidades nos próximos 36 meses facultando trabalho a mais de 1600 quadros de saúde, empregos directos”.

No seu discurso, mais adiante, dirigindo-se à Senhora Ministra Rosário de Bragança, adiantou:

Senhora Ministra, o desafio da melhoria do Ensino Superior e a sua exigência só é possível com avultados investimentos, principalmente na exigência de infraestruturas de suporte à docência” (Dr. Manuel João da Fonseca)

O «CEPOU» e a «MEDIAG Diagnósticos» serão estrategicamente para a UPRA as unidades de complementaridade deste desafio na formação de profissionais da saúde para melhor servir o discente e o doente. A nossa aposta é levar à sociedade melhor serviço médico e assim, em conjunto, preparar jovens médicos na prática clínica, os licenciados em medicina pela UPRA” (Dr. Manuel João da Fonseca)

 

UPRA desperta a sede do conhecimento e da aprendizagem

O Jornal Tornado entrevistou um dos recém-licenciados em medicina pela UPRA em 2020, a Dra. Solene D´Oliveira, convidada a trabalhar no CEPOU após ter frequentado com êxito o Curso de Actualização de Urgências e Emergências Médicas.

Gostou de ter estudado na Universidade Privada de Angola? Porquê?

Dra. Solene D´Oliveira: Gostei imenso, estudar na UPRA foi uma experiência transformadora. Existe um destacável rigor que vai desde a Reitoria até ao corpo docente, que desperta a nós estudantes a sede pelo conhecimento e aprendizagem, apelando pelo senso de responsabilidade e excelência que a profissão de um médico exige; somando a isso a infraestrutura munida de auditório, biblioteca, sala de estudos e laboratórios bem equipados.

Qual é a sua opinião sobre o Centro Policlínico Universitário (CEPOU)?

O CEPOU é um grande projecto que visa promover uma assistência médica diferenciada à população, constituído por infraestruturas, equipamentos de alta tecnologia e profissionais treinados para a prestação de um serviço de qualidade na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças.  Tem ainda como objectivo complementar a formação dos profissionais de saúde em exercício, diplomados pela UPRA, munindo-os de metodologias de estudo e cultivando o espírito de pesquisa e investigação.

O Curso de Actualização de Emergências e Urgências Médicas que frequentou é importante?

O curso foi muito importante, pois tive a oportunidade de aprofundar o estudo e o conhecimento já adquirido no decorrer da licenciatura sobre as principais patologias e situações que acorrem ao banco de urgências e pude aprender técnicas para prestar a devida assistência às mesmas.


por Luís dos Santos, Angola

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -