Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Julho 15, 2024

Governo recupera TAP

António Costa garantiu que Estado vai voltar a ser maioritário na companhia aérea - TAP

António Costa garantiu que Estado vai voltar a ser maioritário na companhia aérea

Mesmo que não haja acordo com o consórcio luso-brasileiro que comprou a TAP, o primeiro-ministro garantiu hoje em Bruxelas que o Estado vai voltar a ter a maioria de capital da companhia aérea portuguesa. António Costa mostrou-se optimista em relação à hipótese de um acordo entre as partes, mas mesmo que tal não aconteça “o Estado retomará 51%” do capital” da empresa, garantiu.

Note-se que o empresário David Neeleman, o principal actual “dono” da TAP, disse a um canal televisivo não concordar com a revisão do negócio feito com o anterior Governo de Passos Coelho. Contudo, o seu sócio português, Humberto Pedrosa já admitiu a possibilidade do consórcio se manter na TAP, mas de forma minoritária, com o Estado a recuperar 51% do capital como é desejo do primeiro-ministro.

António Costa acredita que o acordo vai ser mesmo possível, confirmando que já decorrem negociações nesse sentido. “Estou certo que será feito um acordo e que, independentemente de declarações, o resultado final será a contento de todas as partes”, comentou o primeiro-ministro, que também deixou ao aviso: “O Estado português não está dependente da vontade de privados”, até porque “eles sabem bem” que o negócio de venda total da TAP “foi feito em condições precárias”.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -