Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Maio 29, 2024

Guantánamo transfere presos

O governo dos Estados Unidos anunciou a transferência de 15 detidos na base de Guantánamo, em Cuba, para os Emirados Árabes, a maior já registada desde o anúncio da intenção de desactivação do presídio. Entre eles, há 12 iemenitas e três afegãos.

Com a transferência, anunciada pelas autoridades do Pentágono na última segunda-feira (15/08), o número de presos mantidos na instituição cai para 61. Uma parte dos prisioneiros restantes deve ser enviada para outros países, enquanto que os reclusos considerados mais perigosos devem ser levados para penitenciárias de segurança máxima em solo norte-americano.

O encerramento de Guantánamo é uma das bandeiras do governo de Barack Obama e foi uma de suas principais promessas de campanha eleitoral em 2008.

Aberto há mais de uma década, após os atentados do 11 de Setembro de 2001, no auge da chamada “Guerra ao Terror”, o local é constante alvo de críticas devido aos métodos não ortodoxos e pelo facto de que os detidos no local não chegaram a passar por julgamento.

Organizações humanitárias alegam que Guantánamo é palco de violações dos direitos humanos e de tortura.

Fonte: ANSA

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -