Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022

“Loup Argenté” para Sandro Aguilar

sandro-aguilar

 

O prémio “Loup Argenté” foi atribuído ao realizador português pelo júri composto por Mathieu Grondin, Valérie Mongrain e Marie-Élaine Riou e anunciado na noite desta terça-feira numa cerimónia, pela primeira vez na história do festival, dedicada exclusivamente às curtas-metragens.

Rodado em 2015, “Undisclosed Recipients” (Antes e depois daquele segundo beijo) tem como ponto de partida a energia e o ambiente vividos no festival de música de Paredes de Coura. “Interessou-me observar por uma vez os jovens, aqui num certo estado físico e mental, misto muito sugestivo de alheamento e alerta”, explica o realizador.

O filme, distribuído pela Agência da Curta Metragem, é uma produção da Curtas Metragens CRL.

Nota da Edição

sandro-aguilar-fotoSandro Aguilar
Nascido em Portugal, em 1974, estudou Cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema.

Em 1998 fundou a Produtora O Som e a Fúria.

Os seus filmes foram premiados em festivais como A Bienal de Veneza, Gijón, Oberhausen e Vila do Conde e exibidos também nos de Turim, Belfort, Montreal, Clermont-Ferrand entre outros.

Em Nova Iorque, em Roterdão, no Rotterdam IFF – Festival Internacional de Cinema e na Argentina, no BAFICI – Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires, foram apresentadas retrospectivas da sua obra.

Sandro Aguilar no IMDb

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

VER…

Boa pergunta

Além Tejo (1)

- Publicidade -