Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Dezembro 9, 2021

Mação arranca com 1º Festival Internacional de Cinema e Arte

fica-640x621O FICA – Festival Internacional de Cinema e Arte, vai contar com a presença de alguns dos realizadores dos filmes apresentados que vão comentar os filmes e debater ideias com o público presente no certame.

Manuel Rodrigues, Edgar Pêra, Manuel Mozos, Rita Figueiredo, Raul Barreras e Pedro Mota Tavares são os realizadores nacionais que participam na primeira sessão, na inauguração do evento. Na sexta-feira, 1 de Julho, Regina Guimarães é a convidada especial do dia.

A primeira sessão do festival começa na quinta-feira, 30 de Junho, pelas 21h30, com os filmes “Material”, de Gustav Deutsch, “Who is the Master Who Makes the Grass Green?”, de Edgar Pêra, “A Glória de fazer cinema em Portugal”, de Manuel Mozos, “Balada de um Batráquio”, de Leonor Teles, “Clap your hands”, de Rita Figueiredo e “The Story for the Moddlins”, de Sérgio Oskman.

No segundo dia do festival, sexta-feira, 1 de Julho, serão exibidos os filmes “An instrument”, de Gustav Deutsch, “Strokkur”, de João Salaviza, “Memory and document”, de Gustav Deutsch, “O Indispensável treino de vagueza”, de Filipa Reis e João Miller Guerra, “Walk Through”, “Tempo” e “Destruição”, os três da autoria de Fernando Calhau.

No último dia do FICA, 2 de Julho, poderão ser vistos os filmes “Down to Earth” de Anna Vasof, “Os homens cegos e o elefante”, de Cláudia Alves, “Conquest”, de Gustav Deutsch, “Porque é que os tigres têm riscas”, de Cláudia Alves, “Let’s talk about gender”, de Raul Barreras, “Talking Heads”, de Krzysztof Kieslowski e “Copy Shop”, de Virgil Widrich, “Bello, Bello, Bello”, de Pilar Álvarez, “Da Vida das Estátuas”, de Pedro Mota Tavares, “Gaia de Amarante”, de Abramovici e “Emotions and passion”, de Gustav Deutsch.

A Confraria do Vinho da Chave Dourada, a associação organizadora do festival foi criada por um grupo de cidadãos do concelho de Mação, tem por missão dar a conhecer e desenvolver a marca “Vinho da Chave Dourada”, um vinho que se produz apenas na região de Mação.

Os responsáveis da Confraria do Vinho da Chave Dourada explicam que “o cinema arte é um género de cinema que, embora utilize as ferramentas tradicionais da 7ª Arte – imagem, som e movimento – é essencialmente produzido e realizado por artistas ligados às artes plásticas, música, literatura e dramaturgia”.

A direcção artística do FICA está a cargo das realizadoras Cláudia Alves, da APORCOD,  e Amarante Abramovici, realizadora premiada e com filmes no Festival de Cannes, que vão estar presentes em todas as sessões.

Cartaz
Cartaz

Este festival é considerado uma novidade em Portugal e é organizado em parceria com a Câmara Municipal de Mação.

Todas as sessões decorrem no auditório do Centro Cultural Elvino da Silva Pereira.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -