Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

Médicos da CPLP vão debater abordagens terapêuticas da COVID-19

O Reitor do Centro Universitário da Faculdade de Medicina ABC (Brasil) e membro do corpo clínico do prestigiado Hospital Sírio-Libanês, Prof. Doutor David Everson Uip, no âmbito de uma iniciativa da Universidade Privada de Angola, vai ser o orador principal de uma vídeo-conferência internacional para debater abordagens terapêuticas da COVID-19.

A vídeo-conferência, patrocinada pelo Doutor Manuel João, promotor da UPRA, será presidida pelo Prof. Doutor Pinto de Sousa, Reitor desta universidade, moderada por Dilman Damas, médica angolana especialista em infectologia e Chefe do Serviço de Infecciologia da Clínica Multeperfil (Luanda) e terá na sessão de abertura a Ministra da Saúde de Angola, Doutora Sílvia Paula Valentim Lutucuta.

Segundo apurou o Jornal Tornado junto do Eng. Jorge Cardoso, Administrador do CEPOU – Centro Policlínico Universitário, instituição parceira da UPRA, com esta vídeo-conferência pretende-se debater abordagens terapêuticas em doentes ventilados, não ventilados e com patologias associadas, a realizar no dia 23 de Julho de 2020, às 15 horas de Angola (11 horas / Brasil), via Zoom, no Auditório da Universidade Privada de Angola.

 

Organizações hospitalares e faculdades de medicina participantes

Médicos oriundos de hospitais e clínicas, bem como académicos das  faculdades de medicina de Angola, Brasil e Portugal, inscreveram-se para esta vídeo-conferência, inédita, onde pela primeira vez se irá debater “Terapêuticas da Covid-19”.

Entre outras organizações inscritas, destacam-se o Hospital Sírio-Libanês (Brasil), o Centro Policlínico Universitário / CEPOU (Luanda), a Clínica Multeperfil (Luanda), a Cínica Girassol (Luanda), o Hospital Sanatório de Luanda, o Hospital Militar de Luanda, o Hospital Américo Boavida (Luanda), o Hospital Geral de Benguela, o Hospital Municipal do Cuanza Norte e o Hospital Municipal de Talatona.

Das universidades, o realce vai para o Centro Universitário da Faculdade de Medicina ABC (Brasil), a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, a Faculdade de Medicina da Universidade Privada de Angola (Luanda/Angola), a Faculdade de Medicina da Universidade Katyavala Bwila (Benguela/Angola) e a Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto (Luanda/Angola).

 

Protocolo entre o Centro Universitário / Faculdade de Medicina ABC e UPRA

Recorde-se que a Universidade Privada de Angola (UPRA), muito conceituada em Angola pelos seu cursos na área da Saúde, com destaque para o curso de Licenciatura em Medicina, em Maio de 2019, assinou um acordo de cooperação com o Centro Universitário Saúde ABC / Faculdade de Medicina do ABC (FMABC).

David Uip (FMABC) e Pinto de Sousa (UPRA) assinaram o protocolo em 2019

O convénio prevê a troca de experiências entre docentes, estudantes e investigadores, com o objectivo geral de fortalecer as duas instituições. A FMABC foi representada pelo Reitor e médico infectologista, doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias, Prof. Doutor David Everson Uip, e a UPRA pelo seu Reitor e médico especialista, doutorado em Saúde Pública, Prof. Doutor Carlos Pinto de Sousa.

 

Médicos de Angola, Brasil e Portugal unidos contra a COVID-19

No grupo de conferencistas do Brasil, está confirmada a presença nesta vídeo-conferência de um dos mais célebres infectologistas brasileiros, o Prof. Doutor David Everson Uip, Reitor do Centro Universitário da Faculdade de Medicina ABC; a Prof. Doutora Tânia Varejão Strabelli, médica infectologista, Directora da Unidade de Controle de Infecção Hospitalar, Presidente da Sub-Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e também membro do Centro de Infectologia e Chefe da Equipa de Retaguarda de Infectologia do Pronto Atendimento.do Hospital Sírio Libanês; e o Doutor Carlos Carvalho, médico, Prof. Titular de Pneumologia da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Paulo e Director da Divisão de Pneumologia do InCor – HCFMUSP, Coordenador das UTI´s Covid-19 HCFMUSP.

Dos médicos infectologistas portugueses, o grande destaque vai para Lopes Martins, Professor catedrático, antigo Presidente do Colégio de Especialidade de Medicina Tropical da Ordem dos Médicos de Portugal, ex-Chefe clínico de vários hospitais portugueses, actualmente Presidente do Conselho Cientifico do Corpo Clínico do CEPOU (Luanda).

Da equipa de médicos angolanos estão inscritos para a vídeo-conferência, entre outros, o Dr. Fortunato Silva, médico intensivista e Director de Serviços do Hospital Américo Boavida, o Dr. Ricardo Silva, Director Clínico do CEPOU – Centro Policlínico Universitário, o Dr. Carlos Masseca, Director Geral do Hospital Sanatório de Luanda e vários médicos da Clínica Girassol e do Hospital Municipal de Talatona.

Em torno desta vídeo-conferência co-organizada pela UPRA e pelo CEPOU agendada para dia 23 próximo há uma expectativa muito elevada porque para além de incluir nos debates os brasileiros Prof. Doutor David Uip e a Prof. Tania Strabelli,  incluirá o Doutor Carlos Carvalho um especialista com muita experiência na área de Medicina, com ênfase em Terapia Intensiva e Pneumpatias Intersticiais, actuando principalmente nas áreas de ventilação mecânica, ARDS, PEEP, insuficiência respiratória, fibrose pulmonar, sarcoidose e linfangioleiomiomatose.


por Luís dos Santos, Angola


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -