Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 16, 2021

Miguel Esteves Cardoso: No passado e no futuro estamos todos mortos

J. A. Nunes Carneiro, no Porto
Consultor e Formador

Gosto sempre do Miguel. Quando novo era extremamente inteligente mas queria mostrá-lo a toda a força com um pouco de snobismo à mistura. Agora refinou-se

Agora refinou-se, mantém a inteligência, mas não necessita de a mostrar, vai deixando que ela flua na simplicidade: “Nascer é um bom começo. O resto é discutível.”

Sobre o trabalho: “Trabalhar só faz sentido se, através do trabalho, conseguimos comprar tempo para nos divertirmos.”

Uma promessa para quem vive o domingo a pensar em segunda feira: “Viveremos o domingo como véspera de nada.” Como “O mal da pressa é que apressa tudo.”

E para os espertos: “Não vale a pena fazer perguntas a quem já sabe todas as respostas.”

E o amor: “Amar alguém é uma coisa egoísta que só nos faz bem.”

E quando nos traem? “A confiança é um bem tão etéreo que não pode ser recuperado.”

Mas o mais importante: “A grande missão da vida, a grande vitória, é precisamente não nos deixarmos desanimar.”

Para os donos do mundo: “O provincianismo é a doença em que se confunde o lugar onde se vive com o centro do mundo.”

E algumas das crónicas completas como “Sair do sério”, “O castigo da bondade”, “Automatismos”, “Insensibilidade”, “Vai sair? Sai já!”, “O peixe fica cá.”, “Come for tea” e tantas outras.

Mas sobretudo o amor.

Grande MEC!
 

Miguel Esteves Cardoso

No Passado e no Futuro Estamos Todos Mortos

Porto Editora. 18€


Exclusivo Tornado / Novos Livros


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -