Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

Milhares de Saharauis nas ruas a celebrar vitória da Argélia

Isabel Lourenço
Observadora Internacional e colaboradora de porunsaharalibre.org

A população saharaui saiu à rua para manifestar a sua alegria com a vitória da equipa argelina e passagem à final da CAN (Copa Africana de Nações) e simultaneamente exigindo a autodeterminação e independência do Sahara Ocidental.Milhares de Saharauis encheram as ruas das cidades ocupadas por Marrocos no Sahara Ocidental.

A população saharaui saiu à rua para manifestar a sua alegria com a vitória da equipa argelina e passagem à final da CAN (Copa Africana de Nações) e simultaneamente exigindo a autodeterminação e independência do Sahara Ocidental.

Bandeiras Argelinas e Saharauis eram exibidas pela população que gritava “1,2,3 vive l’Algerie” (1,2,3 viva a Argélia) e “Labadil Labadil Antakrir al Massir” (não há outra solução a não ser a autodeterminação).

Pouco tempo após o inicio das manifestações as forças de ocupação marroquinas iniciaram a desmantelar e atacar os manifestantes.

“Já começaram a atacar! E quem atacaram?? Miúdos!!!! Eles tentam defenderem-se mas com quê? Que mundo é esta?” dizia H., 13 anos em El Aaiun referindo-se à intervenção das forças de ocupação.

“Nem imaginas como estão as ruas!!! Estamos em todo o lado, mas as forças de ocupação com as suas carrinhas de intervenção já começaram a atacar” Mohamed não conseguia conter a sua emoção ao relatar a saída em massa dos saharauis à rua.

Imagens e vídeos encheram as redes sociais em minutos e mesmo na Diáspora a comunidade Saharaui celebrou a vitória de forma emocionada do país amigo e irmão.

Também na faixa de Gaza, na Palestina a vitória Argelina foi comemorada.

A Argélia  é conhecida pelo seu incondicional apoio e solidariedade com o povo Saharaui e Palestino.

Os Saharauis ontem festejaram muito mais que uma vitória num jogo de futebol. Tiveram por breves minutos a oportunidade de saírem em massa e afirmar o seu firme anseio de liberdade e retirada do ocupante marroquino. A vitória dos “Guerreiros do deserto”, como é conhecida a equipa argelina, foi um grito de liberdade para os Saharauis.

 


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -