Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Dezembro 8, 2021

Ministério da Cultura volta a distinguir Laboratório de Dança

Joaquim Ribeiro
Jornalista

O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, voltou a distinguir, pelo terceiro ano consecutivo, o projecto Laboratório de Dança (LAB), em Torres Vedras, na sua sétima edição.O LAB é um projecto de experimentação e criação artística na área da dança contemporânea, organizado anualmente pela Associação ESTUFA – Plataforma Cultural em parceria com o Teatro-Cine de Torres Vedras.

Aberto à participação da comunidade, o primeiro LAB teve lugar em 2011. Ao longo dos últimos sete anos tem acolhido vários criadores e coreógrafos, nomes conceituados e outros mais emergentes no panorama nacional, como Tânia Carvalho, a dupla de jovens Lander Patrick e Jonas Lopes e Marco da Silva Ferreira.

Este ano a ESTUFA reuniu a coreógrafa Clara Andermatt e o compositor, investigador e musicólogo Jonas Runa. Desta residência artística de um mês resultou a obra “rrrrrRRRRRRRRRR”, um exercício de procura, atenção, escuta e imaginação.

O processo criativo foi desenvolvido em torno da poesia concreta e do ritmo, procurando novas formas de expressão do corpo. Cada um desses elementos foi desdobrado em múltiplas dimensões sonoras, de movimento e do pensamento. A tecnologia, enquanto mediação entre música e dança, determinou também novas formas poéticas que foram apresentadas ao público nos dias 7 e 8 no Teatro-Cine de Torres Vedras.

LAB, para 2018

A edição de 2018 do LAB terá lugar na última semana de Agosto e nas duas primeiras semanas de Setembro. O espectáculo já está incluído na programação do Teatro-Cine de Torres Vedras para o ano de 2018 e com estreia agendada para o fim-de-semana de 15 e 16 de Setembro. O nome do próximo coreógrafo convidado está a ser ultimado pela direcção artística da Associação ESTUFA que nos avançou nomes em negociação como Victor Hugo Pontes, João dos Santos Martins ou Vera Mantero.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorEspaço Ulmeiro
Próximo artigoA atualidade de Violeta Parra
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -