Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Julho 21, 2024

Morreu Assunção dos Anjos, eminente estratega e diplomata de Angola

M. Azancot de Menezes
M. Azancot de Menezes
PhD em Educação / Universidade de Lisboa. Timor-Leste

Angola perdeu um dos mais eminentes estrategas da política e da diplomacia. Assunção dos Anjos, uma figura indelével da intelectualidade angolana, era respeitado por académicos e políticos de todo o mundo pelo seu potencial cultural.

Assunção Afonso Sousa dos Anjos nasceu em Luanda no dia 13 de Fevereiro de 1946. Frequentou o ensino primário em Luanda, entre 1953 e 1957, na Escola José Anchieta, em Luanda, e fez a admissão aos Liceus no Colégio Moderno – Luanda em 1957/58.

Assunção dos Anjos realizou os seus estudos secundários no Liceu Salvador Correia (1958/1959 – 1965/1966) e ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra em 1966, tendo interrompido os estudos em 1968. Em 1972 regressa à Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e nos três anos seguintes estuda na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

A carreira político-diplomática teve início em Dezembro de 1975, pela mão de Olga Lima, tendo desempenhado as funções de Director de África e Médio Oriente no Ministério das Relações Exteriores nos três anos seguintes.

Entre Janeiro de 1978 e Janeiro de 1997 foi Director do Gabinete do Primeiro Vice-Primeiro Ministro e, de Janeiro a Setembro de 1979, Director de Gabinete do Ministro do Planeamento. Assunção dos Anjos, desde 1979, durante 14 anos, exerceu as funções de Director do Gabinete do Presidente da República, com a categoria de ministro.

Missões diplomáticas em Espanha, França e Portugal

Na década de 90 iniciou missões diplomáticas astuciosas em Espanha, França e Portugal, três países europeus considerados estratégicos para a diplomacia da República de Angola. Efectivamente, em 14 de Setembro de 1993, até 31 de Janeiro de 2000, foi Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola no Reino de Espanha. A partir de 28 de Junho de 2000 foi nomeado Embaixador Plenipotenciário da República de Angola em França e posteriormente em Portugal.

Em Portugal, num momento em que havia alguma tensão, desempenhou um trabalho diplomático de excelência, com o apoio de vários consultores, nomeadamente do Adido Cultural Luís Kandjimbo e do Adido de Imprensa Ramiro Barreira, tendo desenvolvido e estreitado relações com o movimento associativo angolano na diáspora e com todos os sectores políticos portugueses.

Ribeiro e Castro (ex-Presidente do CDS-PP) e Assunção dos Anjos

Após ter terminado as missões diplomáticas na Europa, pouco tempo depois, perdeu a sua mulher, Antonieta Azancot de Menezes Medeiros dos Anjos, vítima de uma doença cancerígena, uma notícia que o abalou de forma terrível.

Em 2010, foi nomeado ministro das Relações Exteriores da República de Angola, tendo colocado como principal foco da sua acção o desenvolvimento de relações diplomáticas com os EUA, com o fito de encetar passos para a operacionalização da diplomacia económica com esta superpotência mundial.

Parceria especial com os EUA e reuniões internacionais

No âmbito das suas brilhantes ofensivas diplomáticas, Assunção dos Anjos deslocou-se aos EUA e assinou com a sua homóloga, Hillary Clinton, um acordo de parceria especial.

Assunção dos Anjos e Hillary Clinton nos EUA (2010)

A ideia de Assunção dos Anjos era promover e facilitar o diálogo Angola-EUA na expectativa de concretizar novos meios de diálogo para o desenvolvimento das relações bilaterais.

Enquanto desempenhou funções de Director de África e Médio Oriente, do Ministério das Relações Exteriores, e sobretudo durante o período em que dirigiu o Gabinete do Presidente da República, realizou inúmeras Missões de carácter Político – Diplomático.

Participou em reuniões de quase todas as Organizações Internacionais de carácter Mundial, Inter-Regional e Regional, nomeadamente, a Assembleia Geral e Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU); Conferências da Organização dos Países Não Alinhados, Cimeiras, Conselhos de Ministros e Reuniões de especialistas da Organização de Unidade Africana (OUA). Reuniões-Cimeiras da SADC (Comunidade de Desenvolvimento dos Países da África Austral) e outras organizações de carácter Político, Económico e de Cooperação, incluindo a ACP/EU.

Assunção dos Anjos e Hillary Clinton nos EUA (2010)

Integrou inúmeras delegações presidenciais, visitas oficiais, de trabalho e de amizade a Países de todos os Continentes, com excepção do Australiano.

Também participou e assistiu a reuniões, encontros bilaterais e outros eventos congéneres, entre os Chefes de Estado, de governo, Ministros Plenipotenciários, Embaixadores e outras entidades Políticas, Diplomáticas, Religiosas etc.

Até à data da sua morte desempenhava funções de Consultor de João Lourenço,  Presidente da República de Angola.

Condecorações e outros títulos honoríficos

Em Espanha e em França recebeu vários títulos honoríficos:

  • Membro de Honra do Colégio Maior Universitário Nossa Senhora de África – Espanha;
  • Professor Honorário da Sociedade de Estudos Internacionais (Espanha);
  • Master de Ouro da Alta Direcção – cujo Presidente de honra é sua Majestade o Rei D. Juan Carlos I de Espanha;
  • Cavaleiro de Mérito da Ordem de San Lázaro de Jerusalém;
  • Membro de Mérito da Fundação Rei D. Carlos III (Espanha);
  • Comenda de Mérito Civil de Espanha – outorgada por resolução de Sua Majestade o Rei D. Juan Carlos I;
  • Comendador da Ordem de Mérito Civil Nacional de França (Outubro/2002).

Assunção dos Anjos, político e diplomata de elevada craveira internacional, homem de extrema cultura e de uma educação muito rigorosa, faleceu aos 76 anos de idade, deixando dois filhos, a Katiana e o Kizua.

Para os familiares mais próximos, em especial para os filhos, endereço as minhas mais sentidas condolências.

Que repouse em paz.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -