Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Junho 14, 2024

“Nos lugares baratos batam palmas. Os outros chocalhem as vossas jóias”

Há 52 anos a irreverência de John Lennon fez-se ouvir, com a Rainha na sala

BEATLES & QUEENEm plena “beatlemania”, com os 4 de Liverpool a dominarem a cena musical britânica e a começarem uma verdadeira invasão mundial, com resultados relevantes nas exportações inglesas, a realeza não podia alhear-se de um novo fenómeno que estava a mexer fortemente com o seu povo.

A 4 de Novembro de 1963, precisamente há 52 anos, os Beatles foram convidados como cabeça de cartaz para o espectáculo anual do The Royal Variety Show, no londrino Prince Of Wales Theatre. Um espectáculo que mais uma vez iria contar com a presença da Rainha Isabel II. E a “Queen” lá esteve na companhia da sua irmã, a Princesa Margaret, entre muitos outros da nobreza inglesa.

Mas em palco estava John Lennon, ainda longe dos seus momentos revolucionários de activista social e político, mas já irreverente e mordaz, a mostrar que era o beatle não-alinhado. Antes da banda atacar o seu hit do momento – “Twist & Shout” – John dirigiu-se ao público de uma forma que ficou para a história: “Nos lugares baratos batam palmas. Os outros chocalhem as vossas jóias”. Sua Majestade até terá achado piada (ver vídeo) e mais tarde iria nomear Paul, Ringo, George e John como Cavaleiros da Ordem do Império Britânico. Mas, anos depois, John Lennon devolveu a condecoração.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -