Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Julho 20, 2024

Povos indígenas vão entrar na Justiça contra Bolsonaro por racismo

Em sua live nas redes sociais, Bolsonaro disse que “cada vez mais o índio está evoluindo, se tornando um ser humano igual a nós.”

A Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) anunciou na noite de quinta-feira (23), através da sua coordenadora executiva Sonia Guajajara, que vai entrar na Justiça contra o presidente Jair Bolsonaro pelo crime de racismo.

“Nós, povos originários desta terra, exigimos respeito. Bolsonaro mais uma vez rasga a Constituição ao negar nossa existência enquanto seres humanos”, disse Sonia Guajajara, ex-candidata a vice-presidente pelo PSOL nas eleições de 2018. “É preciso dar um basta a esse perverso”, completou.

Em sua tradicional live nas redes sociais às quintas, Bolsonaro defendeu que comunidades indígenas “se integrem ao restante da sociedade”, e disse que “cada vez mais o índio está evoluindo, se tornando um ser humano igual a nós”.

Na última semana, Sonia Guajajara esteve reunida com o cacique Raoni e outros 600 representantes de 45 povos indígenas que mostraram a potência e união dos povos indígenas contra as políticas deste governo. Repudiaram o projeto de lei que permite mineração em terras protegidas.

 


Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV (Site do PSOL)/ Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -