Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022

Praia Doce – mais segurança e controlo da qualidade da água

praia-doce-2
Praia Doce – a água corre negra

As localidades das regiões do interior do País que são banhadas por rios têm vindo, ao longo dos anos, a tirar partido desse potencial para criar espaços de lazer para as suas populações bem como promover a vinda de visitantes que delas queiram usufruir.

A instalação de parques de merendas nas margens dos rios e a criação de praias fluviais têm sido objecto do esforços das autarquias no sentido de proporcionar melhor qualidade de vida aos seus habitantes e não só.

Em 2015, uma parceria entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Salvaterra-Foros permitiu a devolução da Praia Doce à população do concelho que de há muito “reclamava”, saudosa, este espaço.

Contudo, não é suficiente implantar esse tipo de estruturas; é necessário assegurar que a sua utilização se faz em condições de segurança, a todos os níveis.

No que diz respeito à Praia Doce, a Comissão Coordenadora da CDU de Salvaterra de Magos (CCCDU-SM) vem denunciar a situação de grave degradação do espaço e reclamar a respectiva resolução.

No comunicado emitido por esta organização local, em 11 de Agosto de 2016 pode ler-se: ” Foi aprovado recentemente em reunião da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos as normas de utilização do assim designado Parde Merendas da Praia Doce em Salvaterra de Magos.

Nestas normas é dito que a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos declina qualquer responsabilidade em caso de acidente e que são os próprios utilizadores os responsáveis pela sua segurança.”

E questiona: “Significa isto que os utilizadores da Praia Doce estão por sua conta e risco?”

O comunicado acrescenta: “Ao contrário de outras praias fluviais a qualidade da água não está a ser controlada, devendo tal controlo ser feito pela autarquia e comunicado através de edital a todos os utilizadores.

A CDU de Salvaterra de Magos enaltece desde já a colaboração dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos que se encontram de vigilância durante os fins de semana na Praia Doce, mas questionamos se existe algum protocolo entre a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos com este corpo de Bombeiros para que possam actuar de prevenção, indicando onde é que os utilizadores da Praia Doce podem ou não ir? E se acontecer algum acidente na água de quem é a responsabilidade?

Será do corpo de Bombeiros? Da autarquia? Ou dos utilizadores?

praia-doce-1

Face ao exposto a CDU de Salvaterra de Magos entende que deveria existir um protocolo com o corpo de Bombeiros de Salvaterra de Magos, para que estes possam garantir a segurança dos banhistas da Praia Doce, devendo ainda a autarquia proceder ao controlo da qualidade água e os resultados serem devidamente publicados, pois como dizem os mais antigos “prudência e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém”.

No programa eleitoral da CDU de Salvaterra de Magos às Eleições Autárquicas de 2013 constava a recuperação e valorização da Praia Doce de Salvaterra de Magos.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Boa pergunta

VER…

Os políticos

- Publicidade -