Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Julho 23, 2024

Preemptive Scheduling… na ‘Operação Marquês’

José Mateus
José Mateus
Analista e conferencista de Geo-estratégia e Inteligência Económica

Entrevista do Juiz Carlos Alexandre ao Expresso, onde fala sobre a Operação Marquês
Numa semana, Carlos Alexandre fez o pleno e o grupo do dr. Balsemão mostrou ser de uma generosidade exemplar. Esta convergência de tempos de antena e manchetes tem, porém, um ar pouco inocente. Tem mesmo toda a aparência de uma grande operação ofensiva de ‘relações públicas’, sob a forma de uma “preemptive operation”.

A julgar pelos resultados públicos, a operação é um fracasso. Foi mal medida, foi mal dimensionada, foi mal executada, teve um ar de “gato escondido com o rabo (ou até mesmo a cabeça…) de fora”, escolheu mal as mensagens, enquadrou-as mal num discurso demasiado palavroso e excessivamente “ruidoso”… O próprio protagonista demonstrou estar mal ensaiado e mal dirigido, tanto na comunicação verbal como (sobretudo!) na não-verbal. A sua proxemia, por exemplo, foi um desastre.

No final, o tiro saiu, em boa parte, pela culatra e a generosidade do dr. Balsemão acabou por ter um impacto negativo. Em síntese, Carlos Alexandre tem de mudar de “spin doctors”… Se ainda for a tempo. E deixar de fazer de “menino queixinhas”, como nesta manchete do Expresso, porque isso é a pior “comunicação”.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -