Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Senadores ouvirão Guedes e Campos Neto sobre offshores em paraíso fiscal

O ministro da Economia e o presidente do Banco Central serão ouvidos na Comissão de Assuntos Econômicos no próximo dia 18.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) ouvirá o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, sobre suas contas offshore, relevadas pelo projeto Pandora Papers, do Consórcio Internacional dos Jornalistas Investigativos. A audiência pública foi marcada para o dia 18 de outubro.

Senadores querem avaliar possível conflito de interesses entre a titularidade de recursos no exterior e funções no comando da economia do país. O requerimento aprovado é dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jean Paul Prates (PT-RN).

“Aprovado meu requerimento na CAE para a vinda de Paulo Guedes e Campos Neto ao Senado. Eles precisam explicar sobre suas empresas offshore em paraísos fiscais. E mais: como a atuação no setor público tem refletido em seus negócios privados!”, afirmou Jean Paul.

Com base na reportagem da Revista Piauí, o senador destacou que Guedes fundou a offshore em setembro de 2014 e, nos meses seguintes, fez um aporte de US$ 9,55 milhões, o equivalente a R$ 23 milhões na época.

“Com a desvalorização cambial desde então, o valor hoje corresponde a R$ 51 milhões. Parte considerável desta desvalorização ocorreu durante a gestão de Paulo Guedes à frente do Ministério da Economia”, disse.


Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -