Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 5, 2022

240 Precários do CHO já integraram os quadros

Dos precários em luta do CHO pela integração nos quadros recebemos a informação de imprensa que publicamos abaixo.

O SNS agradece

A luta foi longa, já lá vão mais de dois anos desde que nos organizámos para exigir a mais elementar justiça: direitos iguais aos nossos colegas de trabalho. Ninguém nos vai pagar as décadas de trabalho com menos salário e menos direitos, mas desde o dia 15 de Fevereiro fazemos parte dos quadros do Centro Hospitalar do Oeste e conseguimos ver reconhecidos os anos de trabalho acumulados para efeitos de progressão na carreira. Os contratos serão formalizados nos próximos dias.

Ganhámos esta batalha e estamos satisfeitos. Não temos dúvidas de que também os nossos utentes e o Serviço Nacional de Saúde saíram a ganhar, com profissionais mais motivados e com maior possibilidade de especialização. Os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche têm hoje mais segurança e confiança no seu quadro de pessoal para os próximos anos.

Hoje todas sabemos, valeu a pena lutar, estarmos unidos pelos nossos direitos e em defesa do SNS. E assim continuaremos, trabalharemos pela qualidade dos serviços prestados nos hospitais, onde diariamente centenas de trabalhadores e trabalhadoras zelam pela saúde dos nossos utentes, que por vezes também somos nós. Apesar de todas as dificuldades, orgulhamo-nos pela camisola que vestimos, pelo serviço nacional de saúde público e de qualidade que temos. Nos nossos hospitais recebemos toda a gente, nem sempre nas condições que desejaríamos, mas ninguém fica à porta por não ter dinheiro para pagar. Damos o melhor que temos pelos nossos serviços e temos orgulho no que fazemos.

Continuaremos a lutar, não apenas pelos direitos de quem por cá trabalha, mas essencialmente por um serviço nacional de saúde mais capaz, com mais valências, com mais e melhores profissionais, que não seja fintado pelos hospitais privados e que ninguém fique para trás.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -