Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Maio 30, 2024

A Inspeção Médica, Toulouse-Lautrec

Guilherme Antunes
Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

“A Inspeção Médica”, de Henri de Toulouse-Lautrec. Pintor pós-impressionista e litógrafo francês.

Pintor muito atormentado, a sua vida é percorrida por assinaláveis dramatismos. O Impressionismo nunca o atraiu, a paisagem não entra na sua pintura e menos, ainda, o resultadismo desse estilo adoptado pela “bourgeoisie”. É o tema do humano que, verdadeiramente, lhe ocupa o espírito e ao qual dedica o seu talento de cronista de uma época efervescente.

Melancólico e nervoso, ocasionalmente apático e, por vezes, completamente “passado”, eis o resultado de como lidou com a sua enfermidade e lhe formatou o estado psicológico. Utilizou linhas de grande liberdade que permitem uma expressividade muito determinada, a que a utilização profusa do vermelho não é alheia, como se vê. Foi um modernista de grande dignidade e coragem.

Informação adicional

Artista: Henri de Toulouse-Lautrec
Título: L’ Inspection médicale
Dimensões: 83,5 cm x 61,4 cm
Material: Óleo em papelão em madeira 
Criação: 1894
Local: National Gallery of Art, Washington, EUA
Género: Retrato

 


Nota de edição

Henri de Toulouse-Lautrec
1864-1901

Henri Marie Raymond de Toulouse-Lautrec Monfa foi um pintor pós-impressionista e litógrafo francês, conhecido por pintar a vida boémia de Paris do final do século XIX. Sendo ele mesmo um boémio, faleceu precocemente aos 36 anos de sífilis e alcoolismo.

Trabalhou por menos de vinte anos mas deixou um legado artístico importantíssimo, tanto no que se refere à qualidade e quantidade de suas obras, como também no que se refere à popularização e comercialização da arte.

Toulouse-Lautrec revolucionou o design gráfico dos cartazes publicitários, ajudando a definir o estilo que seria posteriormente conhecido como Art Nouveau. Filho mais velho do Conde Toulouse-Lautrec-Monfa, de quem deveria herdar o título, falecendo antes do pai.

Fonte: Wikipédia
Foto: Toulouse-Lautrec em 1892, então com 28 anos


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anterior
Próximo artigo
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -