Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Junho 14, 2024

Abertos os Jogos Paralímpicos 2016

O momento de surpresa, na cerimónia de abertura, surgiu quando Aaron “wheelz ” Fotheringham, atleta e Skater profissional americano em cadeira de rodas, desceu a rampa instalada no estádio do Maracanã, entrou num anel de fogo e deu um salto mortal de arrepiar.

No final da cerimónia, coube ao nadador brasileiro Clodoaldo Silva a tarefa de acender a tocha dos primeiro Jogos Paralímpicos que se realizam na América do Sul.

nuno-alves
Nuno Alves guiado por Ricardo Abreu

O primeiro português a entrar em acção foi Nuno Alves, atleta invisual que foi guiado por Ricardo Abreu, na final dos 5000 metros, tendo terminado em 8º lugar com o tempo de 17:03:64, o vencedor desta prova, que arrecadou a primeira medalha de ouro destes Paralímpicos 2016 foi o Queniano Samwel Mushai Kimani que terminou a prova com o tempo de 15:16:11, fazendo a melhor marca pessoal do ano, a fechar o pódio em segundo lugar terminou o brasileiro Odair Santos e no terceiro o também Queniano Wilson Bii.

Nuno Alves irá ainda manter-se em competição mas irá agora para os 1500 metros cuja meia-final se realiza no dia 11, e a final no dia 13.

Já eliminado está o judoca Miguel Vieira ao perder o combate frente ao brasileiro Halyson Oliveira Boto.

Luís Gonçalves, terminou em segundo a sua série de qualificação dos 400 metros, qualificando-se para a meia-final com o tempo de 49.60 a disputar ainda hoje pelas 22:32, quem entra também em acção nas eliminatórias dos 100 metros, é Maria Fernandes prova que se realiza pelas 00:12, hora portuguesa.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -