Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Maio 26, 2024

AD Lousada e CF União de Lamas disputam Título Nacional

Na passada semana, todos os clubes envolvidos nesta fase final viveram momentos espectaculares dada a incerteza sobre os finalistas apurados para a final a duas mãos que decorrerá este sábado (4 de Junho às 17.30 horas em Santa Maria de Lamas) e no próximo fim-de-semana em Lousada (no dia 11 disputa-se a 2ª mão da final e caso haja necessidade, o desempate será feito dia 12, também em Lousada).

Meias-Finais: União de Lamas contraria expectativas e vence Atlético.

 

hoquei-campo-2

A 20 e 27 de Maio disputaram-se os jogos das meias-finais do Campeonato Nacional de Hóquei em Campo, opondo duas equipas do Norte contra duas equipas do Sul.

O primeiro jogo opôs o Atlético CP ao CF União de Lamas. Num encontro disputado em Santa Maria de Lamas, aqueles que pensaram que esta seria uma eliminatória claramente favorável à equipa de Alcântara, facilmente pôde comprovar o quão errado estaria.

Mesmo beneficiando da ajuda de atletas portugueses que durante o ano actuam em equipas europeias, a turma de Lisboa não foi capaz de vencer os experientes e combativos atletas de Lamas. Ainda assim o jogo foi duro e disputado, acabando o tempo regulamentar com o resultado empatado a duas bolas. Nesse sentido houve necessidade de se proceder ao desempate por Shoot-Outs (estilo de livres em que o jogador parte fora da área em um contra um face ao Guarda Redes, havendo apenas poucos segundos para concretizar a jogada). Neste desempate a equipa sedeada na terra natal do Grupo Amorim, leva a melhor sobre o Atlético e vence por 4-2.

Na segunda mão da meia-final, o Atlético recebeu no Complexo Desportivo do Jamor a equipa lamacense, sendo que desta vez o resultado final foi mais folgado e a favor da equipa que jogava em casa (3-1).

A presença na final da prova ficou assim empatada e seria decidida um dia depois, também no Jamor (dada a melhor classificação do Atlético face ao União de Lamas na fase regular), com um jogo muito mais disputado e aguerrido de parte a parte.

Com a partida empatada a uma bola, a decisão passou a ser feita com recurso, mais uma vez, a Shoot-Outs. Por incrível que pareça, os Guarda-Redes foram as figuras deste prolongamento, havendo apenas lugar à concretização de um único golo por parte de Daniel Dolores (União de Lamas).

O União de Lamas é novamente finalista da prova, batendo o actual detentor do título nacional de Hóquei de Sala – Atlético CP.

Hexacampeão Nacional perde pela primeira vez mas garante presença em mais uma final.

 

hoquei-campo-3

O superfavorito Lousada deslocou-se a Lisboa no dia 21 de Maio para disputar a primeira-mão da meia final contra o histórico CF Benfica.

No mítico estádio alfacinha Francisco Lázaro, a equipa nortenha levou avante o seu conhecido ímpeto ofensivo e bateu a equipa da casa por 2-5, mesmo perante as evidentes fragilidades do piso sintético lisboeta.

Na semana seguinte, seria de esperar um jogo com pouca história em que a Ass. Desportiva de Lousada confirmaria a presença em mais uma final. Nada mais errado. No dia em que a equipa feminina de futebol do “Fófó” vencia no Jamor a Taça de Portugal, os seus colegas de hóquei em campo surpreendiam o Hexacampeão Nacional, vencendo a partida por 3-1.

Mais uma finalíssima para apurar o clube que disputaria a final e, no dia 28 de Maio, a AD Lousada teria que se concentrar e bater o F. Benfica caso pretendesse disputar a sua nona final consecutiva.

Face ao que se tinha passado no dia anterior, era esperada uma partida muito disputada, a par do que se passava ao mesmo tempo em Lisboa. Contudo, a equipa de Benfica entrou desatenta e os Lousadenses, com toda a sua experiência aplicaram chapa 6, acabando com o sonho do CF Benfica em poder conquistar o seu 7º título nacional.

Repetição da final do ano passado: A História será diferente?

hoquei-campo-1Na época transacta, a equipa Lousadense venceu ambos os encontros da final por 4-2 e 7-3. Contudo, face às surpresas diante do Fófó e da prestação do Lamas sobre o Atlético, é de perspectivar encontros muito disputados pelas equipas do norte do país.

 

O União de Lamas tenta atingir o 6º título nacional, algo que já não consegue desde a época de 2008/2009 quando bateu o Lousada, apostando sobretudo na boa forma apresentada tanto na meia-final como nas competições europeias.

Quanto à AD Lousada, joga todo o seu prestígio nesta prova contando para isso com uma geração de jogadores que desde 2003/2004 começaram a ganhar títulos nas duas variantes (sala e campo e nunca mais pararam).

Após a brilhante campanha europeia que efectuou no mês de Maio em Viena (3º lugar) espera-se que a equipa Lousadense, recordista em títulos na variante de Hóquei de Sala (10 títulos), tente conquistar também o seu 10º título nacional de hóquei em campo – ainda muito longe do histórico Ramaldense (33 títulos).

hoquei-campo

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -