Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Julho 16, 2024

Antigo apartamento de Jimi Hendrix abriu as portas como museu

Hendrix casa
No mesmo prédio viveu também o compositor Georg Frideric Handel

Um pequeno apartamento, situado no último andar do nº 23 de Brook Street, no bairro londrino de Mayfair, tornou-se, na passada Quarta-feira, no primeiro e único museu dedicado ao famoso guitarrista Jimi Hendrix, falecido a 18 de Setembro de 1979. Jimi Hendrix viveu neste apartamento, para o qual se mudou com a sua namorada Kathy Etchingham, a 4 de Julho de 1968. Mas o novo museu londrino não é apenas dedicado ao maior guitarrista da História do Rock, mas também a outro grande músico, o compositor clássico Handel. Efectivamente, séculos antes Georg Frideric Handel viveu no nº25 da mesma rua, num prédio que agora faz parte do mesmo imóvel onde Jimi Hendrix viveu. Handel viveu no prédio 40 anos, tendo ali escrito a sua obra-prima, “Messias”. E foi também nesse prédio que compositor clássico morreu em 1759.

hendrix casa 2Quanto a Jimi Hendrix, que morreu num hotel do bairro de Notting Hill em 1970, com apenas 27 anos, a sua estadia neste prédio de Brook Street foi curta, mas determinante na sua carreira, pois como o próprio disse então: “Este é o meu primeiro verdadeiro lar. O primeiro que sinto realmente como meu”. Jimi Hendrix alugou então o pequeno apartamento por 30 libras por semana. Agora, o “flat” foi recriado como se Jimi Hendrix ainda ali morasse com a sua namorada Kathy Etchingham, que ajudou na recriação do apartamento/museu. Vários objectos lembram a memória do guitarrista, não faltando mesmo a sua guitarra acústica Epiphone FT79, que Hendrix trouxe dos Estados Unidos e que, segundo Kathy Etchingham, terá servido para compor todos os temas que o tornaram famoso no Reino Unido e em todo o Mundo.

A sala de estar do apartamento lembra os tempos felizes que Jimi Hendrix viveu na “Swinging London” da década de 60 – um período de festas permanentes, pelas noites dentro, muitas delas a acabarem com muitos músicos amigos neste apartamento, que desde o dia 10 deste mês se tornou no novo museu de Londres. O quarto e a sala de estar são os principais locais com memórias dedicadas a Hendrix, pois a cozinha raramente foi utilizada. Habitualmente, Jimi mandava vir a comida do restaurante “Mr Love”, situado no rés-de-chão do prédio. De entre os objectos de Jimi Hendrix, destaque-se uma garrafa vazia de Mateus Rosé, uma das bebidas preferidas do músico.hendrix casa 3

Em relação a Handel já existia no local um museu dedicado ao músico desde 2001. Curioso é o facto de Jimi Hendrix, quando soube que Handel tinha vivido ali no século 18, se ter interessado muito pela obra do compositor clássico. Jimi Hendrix terá então passado muito tempo a ouvir a música de Handel, que o terá mesmo influenciado como compositor e guitarrista.

A recriação do apartamento de Jimi Hendrix como era no tempo em que o músico ali viveu demorou cerca de dois anos e abriu as portas ao público esta Quarta-feira. Uma visita dupla, que inclui também o vizinho museu dedicado a Handel.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Uma Aventura | Na Caixa

Mentores espirituais

Manuel de Azevedo

Auto-retrato, Pablo Picasso

- Publicidade -