Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Julho 15, 2024

Áustria repete eleições presidenciais

van_der_bellen_e_horfen

 

O governo da Áustria decidiu, esta terça-feira (05/07), que a repetição da 2ª volta das eleições presidenciais de 22 de Maio, vai acontecer no dia 2 de Outubro.

O comunicado foi feito pelo chanceler federal austríaco, Christian Kern, e o vice-chanceler, Reinhard Mitterlehner, após a reunião do conselho de ministros desta terça-feira, informou a agência austríaca APA.

A data tinha sido proposta horas antes pelo ministro do Interior, Wolfgang Sobotka, e, após ser aprovada pelo gabinete, requer agora a aprovação do parlamento, que espera que seja apenas uma mera formalidade.

Mitterlehner ressaltou a importância da não repetição dos “erros” que levaram o Tribunal Constitucional na sexta-feira (01/07) a anular o resultado e ordenar a repetição da votação.

“Foram erros meramente técnicos, que poderiam ter sido evitados sem problemas”, disse o vice-chanceler.

Com esta decisão, os 14 juízes do Constitucional deram razão ao ultranacionalista FPÖ (Partido Liberal da Áustria) e ao seu líder, Heinz Christian Strache, que impugnaram o resultado da votação na qual o seu candidato, Norbert Hofer, perdeu por 49,65%, contra 50,35% do ecologista Alexander Van der Bellen.

O Alto Tribunal interrogou 90 testemunhas, entre eles representantes regionais e locais de mesas eleitorais de todo o país, muitos dos quais reconheceram que a lei eleitoral não foi cumprida, sobretudo no momento e na forma de contar os votos depositados pelo correio.

Outro factor levado em conta foi a divulgação antes do encerramento das urnas de resultados parciais, especialmente pelos meios de comunicação, o que teoricamente também pode ter afectado a votação.

Os observadores políticos esperam que se repita a apertada disputa pela chefia do Estado da Áustria entre o euro-céptico Hofer e o europeísta Van der Bellen, pois a diferença de votos entre ambos em Maio foi de apenas 31 mil.

Heinz Fischer , o presidente em final de mandato, deixa o cargo na próxima sexta-feira (08/07) e as suas funções serão assumidas de forma interina pelos três presidentes do parlamento austríaco, entre eles o próprio Hofer (que é o terceiro presidente da câmara).

Fonte: Agência Efe | Viena

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Uma Aventura | Na Caixa

Auto-retrato, Pablo Picasso

Mentores espirituais

- Publicidade -