Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Dezembro 9, 2021

Camião lançado sobre a multidão faz 84 mortos e dezenas de feridos

Segundo o jornal Le Figaro, as autoridades estão a tratar o incidente como um atentado, até porque, segundo fonte policial, foram encontradas várias armas e granadas no interior do camião. A câmara dos Alpes-Marítimos avança com a hipótese de atentado terrorista e pediu às pessoas para ficarem em casa, refere ainda o jornal.

Segundo a agência Associated Press, o gabinete da Procuradoria de Paris abriu uma investigação para apurar se o ataque foi terrorismo.

Testemunha entretanto ouvida pela comunicação social francesa descreve que o camião “escolheu o maior número de pessoas” para atropelar. “Seguia como uma viatura louca”, disse à BFMTV uma testemunha proprietária de um estabelecimento comercial junto da Promenade des Anglais. A mesma fonte revela, ainda, que o condutor do camião terá trocado tiros com a polícia.

O ocupante acabou por ser morto pela polícia, que disparou sobre o veículo depois de este se imobilizar, confirmou o Ministério do Interior francês.

hollande_aviaoApós ser informado sobre o atropelamento em Nice, o presidente francês, François Hollande, que estava na cidade de Avignon, retornou imediatamente a Paris . O chefe de Estado comandava, desde o início da madrugada de quinta para sexta-feira, o gabinete de crise instalado no Ministério do Interior, na capital francesa.

François Hollande, disse que o atentado que matou 80 pessoas em Nice tem “carácter terrorista” e já accionou o “Plan Blan”, um plano oficial para situações de emergência, que foi usado pela última vez em 13 de Novembro, dia dos múltiplos atentados de Paris. Antes disso, só havia sido aplicado em 2005, em razão de protestos violentos nos subúrbios da capital e outras cidades francesas.

PORTES-OUVERTES-NICE-640x468

O jornal local Nice-Matin publicou na sua página do Twitter que quem precisar de local para se abrigar deve usar a hastag #PortesOuvertesNice à semelhança do que aconteceu aquando dos incidentes de Novembro do ano passado em Paris.

O Dia da Bastilha é um feriado que comemora, a 14 de Julho, a Tomada da Bastilha em 1789, evento decisivo para o início da Revolução Francesa. A bastilha era uma antiga fortaleza usada pela monarquia como prisão.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -