Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Maio 28, 2024

Boa Páscoa!

Maria do Céu Pires
Maria do Céu Pires
Doutorada em Filosofia. Professora.

Os rituais assumem uma grande importância na vida dos seres humanos. É a sua prática que promove a união, a identidade pessoal e grupal. Servem para marcar ciclos de vida, etapas de crescimento, momentos especiais, nos indivíduos e nas comunidades. Dessa forma, quebram a banalidade, a pobreza espiritual, o tédio da quotidianidade.

A celebração da Páscoa (Pesach em hebreu) corresponde a um ritual importante para a cultura ocidental. Nos povos do Mediterrâneo foi festejada como momento de passagem, do inverno à primavera; para os judeus também foi ritual de passagem, da escravatura à libertação do povo que, conduzido por Moisés, atravessou o Mar Vermelho; para os cristãos corresponde à ressurreição de Cristo e, portanto à passagem da morte à vida.

Assim, o que temos em comum na conjugação destas diferentes origens é a celebração da fertilidade e da renovação, a esperança de uma vida renovada. É isso que é a Páscoa: festa da fertilidade!

Para além das celebrações religiosas, em Portugal, no Alentejo, a Páscoa está associada a tradições comunitárias muito interessantes. Uma delas tem como centro o forno comunitário onde se cozem os folares e outros bolos que serão distribuídos por afilhados/as, amigos e familiares. Também as romagens realizadas na 2ª feira de Páscoa, para comer o borrego no campo são momentos de comunhão, de fraternidade e de esperança. Todos estes costumes e vivências se encontram em perfeita sintonia com campos pintados de tonalidades amarelas, roxas, brancas, vermelhas, verdes, em vastos tapetes até um horizonte que parece não ter fim. Para onde quer que se dirija o olhar, o que observamos é a vida numa força indomável, soberana, pujante. Impossível não sentir júbilo!

Hoje, vivemos tempos áridos, vazios de sentido, lado a lado com as ameaças das bombas e do fanatismo, por isso, precisamos ainda mais de ritos, de poesia, de alma. Que venha a alegria da Páscoa!

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -