Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Dezembro 5, 2021

Cartola canta: “Ensaboa”

Curso primário, negro, morador da favela da Mangueira (no Rio de Janeiro), servente de pedreiro e um gigante da música popular brasileira. Esse foi Agenor de Oliveira, o Cartola. Teve a vida dura dos trabalhadores, mas o depoimento sobre o mundo que deixou em suas canções tem a sofisticação simples dos grandes poetas.

Ensaboa

Cartola/1976
Intérprete: Cartola

Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando
Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando
Tô lavando a minha roupa
Lá em casa estão me chamando Dondon
Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando
Os fio que é meu, que é meu
E que é dela
Rebenta a goela de tanto chorá
O rio tá seco, o sol não vem não
Vortemos pra casa
Chamando Dondon


Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial Rádio Peão Brasil / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -