Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Julho 15, 2024

Casal suspeito de roubar e assassinar ex-deputado regional do CDS

Pol Judiciária

 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 36 anos de idade, e uma mulher, de 25, suspeitos do assassínio de Carlos Morgado, um ex-deputado do CDS-PP à Assembleia Legislativa da Madeira, cujo corpo, desmembrado, foi hoje descoberto num terreno baldio, perto da cidade do Funchal.

Em comunicado, a PJ diz que desenvolveu, ao longo destes meses, um “minucioso trabalho de investigação” que a levou a concluir que os agora detidos terão atraído a vítima “com o intuito de a roubarem e de posteriormente lhe provocarem a morte”. A dupla é acusada da “presumível prática dos crimes de homicídio qualificado, roubo e profanação de cadáver”.

Carlos Morgado, de 66 anos de idade, estava desaparecido desde o dia 1 de Março. Professor aposentado, foi deputado do CDS-PP à Assembleia Regional entre 2011 e 2012.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -