Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 27, 2021

Cinco canções para recordar Fidel

fidel-2

“A beleza nos custa a vida / a última vez que o vi ir/ entre a fumaça e os estilhaços” (Silvio Rodríguez)

Fidel Castro partiu na noite desta quinta-feira (25), aos 90 anos. Dedicou a vida a lutar pela liberdade, pela soberania e trabalhou com afinco para reduzir as desigualdades e promover a justiça social.

O comandante foi um grande amante das artes. Em seu governo, desenvolveu o Balé Cubano ao máximo, fomentou políticas públicas voltadas para a educação e para os esportes e, contam os amigos do tempos de colégio, “era o melhor em tudo”.

Seu legado inspirou cantores e compositores de toda a América Latina. O Vermelho selecionou cinco canções de artistas de diferentes países em homenagem ao líder máximo da revolução cubana.

Ouça as canções:

1 – El elegido – Sílvio Rodríguez

Sílvio Rodríguez é um dos maiores cantores e compositores cubanos de todos os tempos. Sua poesia canta o amor e a liberdade. Nesta canção, faz uma singela homenagem a Fidel Castro, quem qualifica como “um ser de outro mundo”.

2 – A Cuba – Victor Jara

O cantor e compositor chinelo Victor Jara dedicou toda sua obra às causas sociais. Cantou a luta dos povos do mundo e homenageou grandes líderes mundiais, entre eles Fidel Castro. Nesta canção, homenageia Fidel Castro, Che Guevara e José Martí.

3 – Y en eso llego Fidel – Carlos Puebla

Nesta canção o cantor e compositor cubano Carlos Puebla ironiza a classe média e os “coronéis” cubanos que exploravam a população mais pobre antes da revolução. “E nisso chegou Fidel/ acabou a diversão/ chegou o comandante e mandou parar/”, diz o músico sobre o impacto que causou a tomada de poder dos revolucionários que derrubaram a ditadura de Fulgêncio Batista.

4 – Un son para Cuba – Quilapayún

O grupo chileno Quilapayún rendeu uma belíssima homenagem a Fidel ao cantar, nos anos 70, a canção Un Son para Cuba. “A ilha estava escura como o luto / mas içaram a luz como bandeira / não tinham mais armas que a aurora”. “Fidel com quinzes dos seus/ e com a liberdade” fez a revolução.

5 – Un hombre que sueña – coletivo de artistas cubanos

Recentemente um coletivo de artistas cubanos fez uma homenagem ao comandante da revolução com a canção “Um homem que sonha” por seus 90 anos. “Há um homem que lança a fé direto às estrelas / E um Fidel que vibra na montanha, presenteando com esperança de um novo amanhecer”.

Texto original em português do Brasil

Nota do Director

Reproduzimos este artigo ao abrigo de um acordo de cooperação Portal Vermelho / Tornado.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorO Livro Em Branco II
Próximo artigoO Diabo na Casa da Cerca
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -