Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024

Cinema. Monstra 2016

monstra-2016

Aí está a Monstra, o 15º festival de animação

O cinema de animação dos países que compuseram a ex-Jugoslávia (Croácia, Bósnia, Eslovénia e Sérvia) será um dos pratos fortes da edição da Monstra, o festival de animação que se inicia a partir de hoje, sexta-feira, dia 3, e decorre até ao próximo dia 13, em diversas salas da capital.

Oportunidade então para os entusiastas, ou público em geral, descobrirem a inspiração fértil desta zona oriental da Europa, uma cinematografia bastante acarinhada pelo saudoso Vasco Granja, que será alvo de uma homenagem.

Ao todo poderão ser vistos mais de 600 filmes neste certame dirigido por Fernando Galrito, obviamente pensados para públicos diversos e divididos em diversas competições e programas distintos, divididos em diversas salas e com a presença de vários convidados internacionais, com destaque para a presença do cineasta americano Bill Plymton e do húngaro Áron Gauder, entre outros.

O Japão, uma presença habitual da Monstra mostra, por exemplo, Memórias de Marnie, de 2015, de Hiromasa Yonebayashi, Metropolis, 2001, de Rintaro e ainda Quando o vento sopra, de 1986, assinado por Jimmy Murakami, com o tema original da autoria de David Bowie.

Da vasta programação deixamos aqui alguns dos principais destaques, como O Profeta, de Roger Allers, numa produção de Salma Hayek e com banda sonora de Gabriel Yared, bem como Little From the Fish Shop, uma adaptação do clássico A Pequena Sereia, do checo Jan Balej, cujos cenários se encontram em exposição no Museu da Marioneta, em Lisboa, até 30 de Abril.

Há ainda a ter em conta a forte presença portuguesa, com nove filmes, presente na secção competitiva internacional.

 

A Monstrinha

Um destaque natural também para a Monstrinha, a secção do festival dedicada aos mais novos, programada para o fim de semana, dedicada a pai e filhos, mas também com sessões especiais para bebés. Por fim, se tiver uma bicicleta poderá desfrutar das sessões ao cinema ao ar livre ou ainda numa tenda “o cinema mais pequeno do mundo”.

Em suma, há um pouco de tudo para todos os gostos e faixas para descobrir na Monstra 2016.

Página oficial do Monstra 2016 com programação

 

Os 25 anos das produtoras Animais e Animanostra

Nesta edição, a Monstra celebra ainda os 25 anos das produtoras Animais e Animanostra, com sessões de cinema e um cine-concerto, e o músico Noiserv vai escolher telediscos de animação de artistas de eleição.

O cinema de animação é o núcleo duro do Monstra, mas a programação é transversal, em diálogo com várias instituições da cidade, de escolas a museus.

O cinema de animação croata, nascido nos anos 1950 na escola de cinema de Zagreb, com realizadores como Dusan Vukoti e Vlado Kristl, marca a abertura, esta quinta-feira, do Monstra, Festival de Cinema de Animação de Lisboa.

Com o cinema São Jorge como ponto central da programação, o Monstra dedica a edição deste ano ao cinema de animação de quatro países que compuseram, como referimos acima, a ex-Jugoslávia: Croácia, Bósnia, Eslovénia e Sérvia. São mais de cem filmes destes países, repartidos por várias retrospectivas, entre as quais uma que é dedicada ao croata Dusan Vukotic, que, em 1961, ganhou um Óscar com o filme “Surogat“.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -