Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Dezembro 8, 2021

Dança das cadeiras continua. Levanta aqui senta ali

Enquanto se preocupam em ludibriar a geração, 70, 80 e que sentiu na pele as consequências da guerra, e vê no conformismo o caminho para não sangrar as cicatrizes, esquecem – se da geração 90, 2000 que resolve tudo com um enter, está avariado, recicla… Quando complica reinicia… E acham que os dowloands abastecem as carências e com um cabo USB têm carga para aguentar todos os níveis de uma batalha. Uma geração imediatista que mede tudo em Bytes, e as conexões são rápidas e calculistas.

Um like na acção positiva, uma adoro na acção emotiva, unlike quando contraria e exactamente um smile, quando o absurdo os visita, causando uma intensa gargalhada…

Está geração que sabe o quer na hora de escolher, que sabe exactamente a diferença entre o full e o light… Entre o com e o sem…

Talvez as camisolas da propaganda das eleições não venham a cobrir a nudez exposta na mentalidade desta geração que sabe a diferença entre a Gucci e Louis Vuitton… E ainda assim preferem andar semi nus para expor os bícepes ganhados na exagerada frequência ao ginásios, corpos enfeitados de tatuagem de símbolos desconhecidos, e fertilizados com suplementos venenosos.

Um país inteiro parado, quando das veias drenaram os líquidos preciosos (água e combustível).

Homens que têm a honra manchada pelo sangue do boi, que evapora no solo seco arrastado pela transumância. E a sexta-feira ainda é dia do homem… que anestesia a realidade e repete o famoso coro, vamos fazer mais como então?? Tu Banga kiebe?

E a dança das cadeiras continua, levanta aqui senta ali.


A autora escreve em PT Angola


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -