Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Diabo sobe a Serra e regressam as Flores ao Teatro da Cerca

Cláudia Sousa, Joana Monteiro, Maria João Robalo, Ana Biscaia, Leonor Barata e o Taleguinho dinamizaram várias oficinas para crianças, em diferentes áreas artísticas, sempre à volta das representações do Diabo. Imaginado a propósito da temporada em Coimbra do espectáculo “Embarcação do Inferno”, o ciclo “Diabruras e outras artes para meninos que são uns anjos” chegou ao fim.

Já a partir de Sábado, dia 10, regressam As Flores de Livro e há uma novidade

Programação regular

Os “Sábados para a infância” retomam a sua programação regular. Cláudia Sousa volta a abrir a sua mala dos livros, trazendo desta vez, como não podia deixar de ser, algumas histórias alusivas ao Natal. De novo no Bar do Teatro, as crianças vão poder dar largas à imaginação através dos livros e dos desenhos que sempre são convidadas a fazer no final de cada sessão.

Leitura de contos para a infância
Flores de Livro
10 de Dezembro
Sábado, 11h00
M/4 > 60′ > adulto + criança: 5 Euros / bilhete individual: 3 Euros

Nova proposta

Nesse mesmo dia à tarde, tem início uma nova proposta do TCSB, que se associa ao projecto de Celeste Silva, mestranda em Filosofia para Crianças na Universidade dos Açores. Trata-se da primeira sessão do programa “Filosofia para Crianças”, que acontecerá ao longo do ano lectivo, com duas sessões por mês.

A ideia consiste em criar uma “comunidade de investigação filosófica” com crianças dos 8 aos 12 anos, sendo que os pais são convidados a participar também, em sessões paralelas, dinamizadas por Joana Santos, igualmente formada em Filosofia para Crianças. A participação é gratuita, bastando efectuar a inscrição através dos contactos habituais do Teatro.

Oficina
Filosofia para crianças
com Celeste Silva
e Joana Santos (sessões com pais)
10 de Dezembro de 2016 a 17 de Junho de 2017
Sábados, 15h00 (duas vezes por mês)
8 – 12 anos > 60′ > participação gratuita
Informações e reservas:
239 718 238 / 966 302 488 / [email protected]

A digressão de “Embarcação do Inferno”

Entretanto, A Escola da Noite e o Cendrev começam a digressão nacional do espectáculo “Embarcação do Inferno”.

Fazem-no em “casa amiga”, na aldeia de Campo Benfeito (Castro Daire), a convite do Teatro do Montemuro, no encerramento da edição de 2016 do ciclo “Serões na Serra”.

A co-produção assinala os 500 anos da primeira apresentação do mais estudado texto de Gil Vicente (também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”) e cumpriu já duas concorridas temporadas nas cidades das duas companhias – Évora e Coimbra –, com assinalável sucesso.

As sessões no Espaço Montemuro terão lugar na sexta-feira, dia 9 de Dezembro, às 14h30 (público escolar) e às 21h00 (público em geral). As reservas podem ser feitas através do telefone 254689352 ou do endereço [email protected]

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -