Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 27, 2021

Empate para cumprir calendário

Para Portugal, este jogo “para cumprir calendário” foi precioso para limpar aos cartões amarelos e enfrentar os quartos-de-final na máxima força.

O selecionador olímpico, Rui Jorge após falar aos jornalistas a dois dias do jogo com a Argentina no próximo dia 4 de agosto. Portugal só vai participar no formato masculino e integra o Grupo D, juntamente com Honduras, Argélia e Argentina. Os portugueses começam com os argentinos no Estádio Olímpico João Havelange, Rio de Janeiro, dia 4 de agosto. A equipa de Rui Jorge volta a jogar dia 7, contra as Honduras, e 10, contra a Argélia, 02 de agosto de 2016, Rio de Janeiro. INÁCIO ROSA/LUSA
O seleccionador olímpico, Rui Jorge Imagem Inácio Rosa/LUSA

Surpreendente foi a vitória (1-0) das Honduras sobre a Argentina, que qualificou os hondurenhos em detrimento dos argentinos.

Nesta partida dos Jogos Olímpicos, disputada bem longe do Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, a Argélia mostrou que as duas derrotas anteriores não reflectiam o valor desta selecção africana.

Frentre a uma equipa lusa, sem pressão do resultado, mas sempre concentrada na partida embora com pouca iniciativa atacante, os argelinos mostraram determinação e qualidade que causaram problemas ao líder do grupo.

Portugal marcou primeiro, aos 24 minutos, graças a um erro do árbitro, que assinalou grande penalidade quando, na verdade, o guardião argelino não cometeu falta sobre o atacante português. Na conversão, Gonçalo Paciência somou mais um golo neste Rio 2016.

A feliz liderança dos portugueses só durou seis minutos até Benkablia romper pela defesa lusa, culminando com um vistoso remate certeiro. Um grande golo do avançado argelino, a repôr justiça no marcador.

Portugal regressou do intervalo mais dominador, controlando o jogo no meio-campo contrário, mas sem criar grandes oportunidades de golo, mas com alguns bons remates de meia-distância. O empate acaba por espelhar o desempenho das duas equipas.

Portugal vai agora enfrentar em Brasíla, Sábado pelas 17 horas, o “mata-mata” dos quartos-final, defrontando o segundo classificado do Grupo C.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -