Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Janeiro 27, 2022

Encontro imaginário com António Alves Redol, Betty Grable e Charlton Heston

Estão de volta os «Encontro Imaginário» no Teatro A Barraca, em Lisboa. Amanhã estarão em debate novas personagens marcantes da História Universal.

Com participação da sociedade civil

Fique a conhecer melhor as personagens: António Alves Redol interpretado pelo engenheiro António Redol, Betty Grable pela consultora Cristina Azevedo e pelo solicitador Pedro Aguiar.

Saiba quem são:

 

António Alves Redol

Vila Franca de Xira, 29 de Dezembro de 1911 – Lisboa, 29 de Novembro de 1969

Foi um escritor, considerado como um dos expoentes máximos do neo-realismo português.

Adere aos ideais do Partido Comunista Português e do Movimento de Unidade Democrática. Cria a Secção “De sol a sol”, no jornal O Diabo, em que passa a publicar textos voltados para as tensões sociais, contrapondo-se, assim, aos ideais de exploração dos regimes totalitários.

Surge o Neorrealismo, um novo conceito de arte numa perspectiva de consciencialização, acompanhada de novo papel social para o artista.

Redol sofre repressão da ditadura militar, chegando até a ser preso e torturado.

Interpretação do engenheiro António Redol.

Betty Grable

18 de Dezembro de 1916 – 1973

Grable e sua mãe viajaram para Hollywood em 1929, logo após o crash da bolsa de Nova York, na esperança de alcançar o estrelato.

Em 1930, aos 13 anos, Grable iniciou uma parceria com a produtora de Samuel Goldwyn, continuando com uma carreira que passou por filmes musicais com Fred Astaire e Ginger Rogers, e outros em que representava o estereótipo da inocente e estúpida “loira burra“.

Com o fim da guerra, Grable segurou as suas pernas no Lloyd’s de Londres por uma cifra considerada gigantesca, US$ 1.000.000 por cada perna.

Interpretação da consultora Cristina Azevedo.

Charlton Heston

Evanston, Illinois, 4 de Outubro de 1923 — Beverly Hills, 5 de Abril de 2008

Foi um actor e activista político norte-americano notabilizado no cinema por papéis heróicos em superproduções da era de ouro de Hollywood.

Foi liberal democrata e acompanhou Martin Luther King durante a Marcha pelos direitos civis a Washington, em 1963, chegando a usar uma faixa onde se lia “Todos os homens nascem iguais”.

Chegou a combater o macartismo a segregação racial nos Estados Unidos, mas a partir dos anos 80 apoiou o direito às armas de fogo e fez campanha para Ronald Reagan e os dois presidentes Bush. Em 1998 tornou-se presidente da National Rifle Association.

Morreu em 5 de Abril de 2008 na sua residência de Beverly Hills, em Los Angeles, aos 84 anos.

Interpretação do solicitador Pedro Aguiar.

Encontros imaginários 2019

9 de Setembro

21h30

[email protected][email protected]

213 965 360 | 213 965 275 | 913 341 683

 

Largo de Santos, 2
1200 – 808 Lisboa

Website do Teatro A Barraca


Transferência Bancária

Nome: Quarto Poder Associação Cívica e Cultural
Banco: Montepio Geral
IBAN: PT50 0036 0039 9910 0321 080 93
SWIFT/BIC: MPIOPTPL

Pagamento de Serviços

Entidade: 21 312
Referência: 122 651 941
Valor: (desde €1)

Pagamento PayPal

Envie-nos o comprovativo para o seguinte endereço electrónico: [email protected]

Ao fazer o envio, indique o seu nome, número de contribuinte e morada, que oportunamente lhe enviaremos um recibo via e-mail.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -