Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Encontro imaginário com Mao Tsé-Tung, Jesus Cristo e Goebbels

Hoje há novo encontro imaginário com personagens da história. As interpretações estão a cargo do editor João Soares, do director do JL José Carlos de Vasconcelos e do apresentador de TV e rádio Júlio Isidro.Está marcado no Teatro A Barraca, em Lisboa, mais um debate entre personagens marcantes da história Universal. Fique a conhecer melhor Mao Tsé-Tung interpretado por João Soares, Jesus Cristo por José Carlos de Vasconcelos e Goebbels por Júlio Isidro.

Saiba quem são:

Shaoshan, 26 de Dezembro de 1893 — Pequim, 9 de Setembro de 1976

Foi um político, teórico, líder comunista e revolucionário chinês. Liderou a Revolução Chinesa e foi o arquitecto e fundador da República Popular da China, governando o país desde a sua criação em 1949 até sua morte em 1976.

Interpretação do editor João Soares.

Nasceu em Bethlem e morreu no ano 33 da nossa era. Inspirador de uma das religiões mais influentes da Humanidade, morreu crucificado entre dois ladrões, depois de ter sido julgado primeiro pela justiça judaica  e depois pela justiça  Romana. A grande maioria dos cristãos venera Jesus como a encarnação de Deus, o Filho, a segunda das três pessoas na Santíssima Trindade.

José Carlos de Vasconcelos, director do “ JL” interpreta.

Rheydt, 29 de Outubro de 1897 – Berlim, 1 de Maio de 1945

Foi um político alemão e Ministro da Propaganda na Alemanha Nazi entre 1933 e 1945. Era um particular adepto em usar a recente rádio e os filmes para fins de propaganda. No fim da guerra, estava no Bunker quando Hitler se suicidou. No dia seguinte, Goebbels e a sua mulher suicidaram-se, depois de terem matado os seus seis filhos com cianeto.

Interpretação de Júlio Isidro, rádio e TV.

Encontros imaginários 2018

5 de Março de 2018

21h30

[email protected][email protected]

213 965 360 | 913 341 687

Largo de Santos, 2
1200 – 808 Lisboa

Website do Teatro A Barraca

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -