Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Novembro 27, 2021

Super Terça-Feira: Donald Trump e Hillary Clinton vencem

terça-feira
A “Super Terça-Feira” nos EUA confirmou o favoritismo dos pré-candidatos à Casa Branca: Hillary Clinton, pelo Partido Democrata, e Donald Trump, pelo Partido Republicano. Os resultados, divulgados pela cadeia de televisão CNN, mostram que Trump ganhou em sete estados (Alabama, Arkansas, Georgia, Tennessee, Virgínia, Massachusetts e Vermont). Já os seus rivais, Ted Cruz e Marco Rubio, conquistaram, respectivamente, três e um estados: Cruz convenceu os eleitores no Alaska, Texas e Oklahoma, e Marco Rubio convenceu o estado do Minnesota.

Esta vitória do milionário republicano parece confirmar que o escândalo do apoio dado por um ex-líder do Ku Klux Klan não afectou a popularidade do candidato; nem sequer as suspeições levantadas pelos rivais e críticos acerca das suas declarações de impostos ou opiniões visando os imigrantes.

Até ao momento, a CNN revela que Trump elegeu 233 delegados nesta Super Terça-Feira, enquanto que Ted Cruz conseguiu 188 e Marco Rubio 90. No total, Trump conta já com 315 delegados a seu favor, contra os 205 de Cruz e 106 de Rubio. Para conquistar a nomeação republicana, Trump tem de eleger 1237 delegados.

Apesar da vitória de Trump, os seus rivais não tencionam baixar os braços. Em declarações à CNN, Marco Rubio disse que “esta é a luta pelo coração e alma do Partido Republicano. Vou pelos cinquenta estados antes que paremos de lutar para salvar o Partido de alguém como ele ”.

O propósito de unir o Partido contra o milionário e apresentador de reality-shows parece bastante difícil de concretizar, uma vez que perdeu em larga escala para o rival, para além do facto de que os analistas consideram muito difícil Rubio unir-se ao seu também rival Ted Cruz numa dupla anti-Trump.

A CNN revela que ambos os jovens governantes vão defrontar-se para disputar a liderança do Partido Republicano.

Do lado dos democratas, Hillary Clinton ganhou em sete estados: Arkansas, Alabama, Georgia, Massachusetts, Texas, Tennessee e Virgínia. O seu rival, Bernie Sanders, convenceu o estado do qual é senador, o Vermont, e acrescentou o Colorado, Minnesota e Oklahoma.

Até ao momento, a ex-primeira-dama elegeu 492 delegados e Sanders 330.

No total, Clinton tem a seu favor 1055 delegados contra os 418 de Sanders. Ambos estão longe de totalizar os 2383 delegados necessários para conquistar a nomeação democrata para a corrida à Casa Branca, pelo que a luta por tal nomeação pode levar meses.

Nos seus discursos aos apoiantes, ambos os candidatos democratas falaram de espírito de união. Hillary Clinton prometeu “fazer o país coeso de novo”, enquanto que Sanders, citado pela Agência Reuters, defendeu: “Não vamos deixar os Donald Trumps do mundo dividir-nos”.

As próximas eleições são a 5 de Março: nessa data, para além do caucus do Kansas, os republicanos terão primárias nos estados do Kentucky e Maine, enquanto que os democratas terão um caucus no Nebraska.

No dia seguinte, é a vez do caucus democrata no Maine e das primárias republicanas em Porto Rico.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -