Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Dezembro 5, 2021

Flamenco e revolução, com Camarón de La Isla

O flamenco tem forte presença na cultura brasileira, em forma de música e também de dança. O cantor e compositor Camarón de La Isla é um de seus expoentes mais conhecidos. 

Nascido em 1950, em seu vigésimo quinto ano de morte, Camarón acaba de ganhar um documentário sobre sua vida e obra. Dirigido por Alexis Morante, “Camarón. Flamenco y revolución” traz a trajetória explosiva de um dos mais importantes artistas da música popular espanhola. O documentário é uma produção conjunta de Canal Sur, Mediaevents e Lolita Films com participação da Universal e Netflix, que deverá exibí-lo em sua programação.

Camarón de La Isla

Camarón de La Isla revolucionou o flamenco e a música espanhola com o disco “La Leyenda del Tiempo”, lançado em 1979. O disco é considerado uma espécie de “Sgt. Pepper’s do flamenco”, pela inovação radical que introduziu no gênero.

“La Leyenda del Tiempo” era o décimo disco da carreira do músico, iniciada em 1969, em parceria com o guitarrista Paco de Lucia. O disco traz dez temas, com vários poemas de Garcia Lorca – a quem o disco é dedicado, e introduz no flamenco influências de rock, jazz e música oriental.

À tradicional combinação de guitarra e palmas, Camarón agregou baixo elétrico, bateria, piano, flauta, moog e cítara. Tal foi a estranheza provocada pela mistura que, na época, os velhos “gitanos” devolveram os discos às lojas.

Artista precoce, Camarón começou a cantar aos oito anos em estações de trem e portas de tabernas. Aos 14 anos participou do filme “El amor brujo” com António Gades e, dois anos depois, ganhou o primeiro prêmio no “Festival del Cante Jondo”, em Mairena de Alcor.

Em 1968, mudou-se para Madrid, tornando-se artista residente em “Torres Bermejas Tablao”, onde permaneceu por 12 anos. Nessa época, Camarón conhece Paco de Lucía, com quem gravou nove álbuns entre 1969 e 1977, e realizou inúmeras turnês pela Europa.

Música

Ouça aqui Camarón:

Vídeo

Assista o trailer oficial do documentário:

Por Fernando Rosa, Jornalista, produtor cultural, editor do portal Senhor F e colaborador do site Rádio Peão Brasil  Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial Rádio Peão Brasil / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -