Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Maio 24, 2022

Há 51 anos The Temptations chegavam ao topo

Temptations-1
Canção “My Girl” foi o primeiro grande hit da Motown Records

Os The Temptations foram um dos mais notáveis grupos vocais masculinos da História da Música. Durante as décadas de 60 e 70, o grupo formado por cinco membros lançou algumas das mais notáveis canções de Rhythm & Blues de sempre. Faz hoje precisamente 51 anos que o single com a canção “My Girl” chegava a nº1 do top norte-americano, tornando-se no primeiro grande hit de um grupo masculino da Motown Records.

Temptations-2Os tops na década de 60 eram dominados pela pop inglesa e pelos artistas negros da editora norte-americana Motown Records. Face à invasão do “Brit Pop”, a América respondia com a prata da casa, com artistas de R&B e Soul. De entre os mais notáveis grupos de R&B está, sem dúvida, o quinteto The Temptations, que na sua formação original de 1964 eram compostos por David Ruffin, Melvin Franklin, Paul Williams, Otis Williams e Eddie Kendricks. Note-se que ao longo da sua carreira o grupo conheceu várias formações.

Ao longo de cerca de uma década o grupo foi coleccionando grandes hits com canções que se tornaram em verdadeiros clássicos do Rhythm & Blues, de que são exemplo os temas “My Girl”, “Get Ready”, “Ain’t Too Proud to Beg”, “You’re My Everything”, “Just My Imagination (Running Away with Me)” e “Papa Was a Rollin’ Stone”, entre muitos outros.

MY-GIRL---TEMPTATIONS-45Esta invulgar colecção de sucessos começou em 1965 com a canção “My Girl” – um tema da autoria de Smokey Robinson & The Miracles, também eles artistas da Motown Records. E a 6 de Março de 1965 “My Girl” dos Temptations chegava ao topo do top norte-americano de singles, tornando-se no primeiro grupo vocal masculino da Motown a conseguir tal feito. Contudo, o grande sucesso nos EUA não teria paralelo na Europa, pois no Reino Unido este disco de 45 rpm não iria além do 43º lugar. No entanto, anos depois, em nova edição, o single chegaria ao 2º lugar de vendas no Reino Unido.

“My Girl” foi também interpretada por muitos outros músicos ao longo dos anos, mas a mais famosa versão desta emblemática canção pertence a Otis Redding que em 1965 a incluiu no aplaudido álbum “Otis Blue: Otis Redding Sings Soul”.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -