Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 27, 2021

Janmadinako Subhakamana!

Rogério V. Pereira
Estudou Engenharia Química no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Começou a trabalhar como Técnico de Organização Industrial e terminou no topo da carreira, como sénior manager, nas áreas da consultoria em organização e gestão.

Disse um poeta, falando de si próprio, que nem sequer foi ouvido para o acto de que nasceu. Também eu. E, em consequência disso, nunca sou ouvido para a tomada de decisão de que vou envelhecendo. E os anos vão passando, coisa que festejamos.

Na última festa choveram beijos dados e enviados, parabéns a rodos e algumas prendas. De entre as missivas, uma me chegou via sms.

A surpresa levou-me a ir longe e a tentar conhecer a origem dos sorrisos. Li, vi imagens e reforcei a ideia que já tinha: há vulnerabilidades humanas que precisam dos nossos gestos.

Segundo a UNICEF o terremoto no Nepal, em Maio de 2015, afectou 1 milhão de crianças. A ajuda, pela imagem, revela que foi desfasada do que era necessário. Se ainda assim mantenho a confiança naquela instituição? Claro! Faz o mínimo e já é tanto. E, no terreno, limita os estragos e contraria horrores…

Vou continuar a ser amigo da UNICEF, até para poder dizer, sem mentira esquiva, quando for abordado pelas hordas assistencialistas da Isabel Jonet, “Já dei!”

Criança carrega macarrão instantâneo, água e comida industrializada após passar em centro de ajuda humanitária em Katmandu

Nepalesa carrega água no que restou de seu bairro, em Katmandu, dois meses após o terremoto

Pena não saber dizer “obrigado”, em nepalês.
As opiniões expressas nos artigos de Opinião apenas vinculam os respectivos autores.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -